EUA: Lighthizer insta Biden a manter todas as tarifas impostas por Trump à China
Internacional

EUA: Lighthizer insta Biden a manter todas as tarifas impostas por Trump à China

portalmixvalenoticias-1280x728-1

Em seus quase quatro anos como representante comercial dos Estados Unidos, Robert Lighthizer ajudou a levar o protecionismo das franjas da política americana para o núcleo. Seu conselho para a administração de Joe Biden: mantenha a estratégia, incluindo tarifas à China.

“Mantenha as tarifas à China – todas elas – mesmo que isso aumente os preços para empresas e consumidores dos EUA”, disse Lighthizer, em entrevista à Dow Jones Newswires. “Enfraqueça a Organização Mundial do Comércio (OMC) para que ela não possa anular as políticas dos EUA e torne mais difícil para as empresas americanas se mudarem para o exterior, apesar do custo para sua competitividade”, continuou.

O representante comercial creditou ao governo Trump a abordagem dura em relação às práticas comerciais chinesas que teriam beneficiado os trabalhadores americanos, encerrando anos de “acomodação” de governos anteriores, temerosos de irritar Pequim. “Mudamos a maneira como as pessoas pensam sobre a China”, afirma. “Queremos uma política da China que pense na competição geopolítica entre os Estados Unidos e um adversário – um adversário econômico.”

Enfrentando US$ 370 bilhões em tarifas anuais dos EUA, a China assinou um acordo comercial há um ano para aumentar suas compras de bens e serviços dos EUA em US$ 200 bilhões ao longo de dois anos e abrir seus mercados financeiros. A batalha teve custos – abalou os mercados globais, azedou as opiniões dos americanos em relação à China e separou as duas economias, uma divisão que se aprofundou com o coronavírus.

Ainda assim, as tarifas não levaram ao desastre econômico previsto por alguns economistas, embora tenham aumentado os preços que os americanos tiveram de pagar por muitos produtos importados. “Transformamos a maneira como as pessoas pensam sobre comércio e transformamos a maneira como os modelos são”, defendeu Lighthizer, na entrevista. “Minha esperança é que isso continue”, finalizou.Fonte: Dow Jones Newswires.

To Top