Renato não vê vantagem se Palmeiras ganhar Libertadores: 'Grêmio vai se preparar'
Esporte

Renato não vê vantagem se Palmeiras ganhar Libertadores: ‘Grêmio vai se preparar’

portalmixvalenoticias-1280x728-1

O Grêmio terá pela frente o Palmeiras na decisão da Copa do Brasil e nesta quinta-feira ficou definido os mandos das duas partidas. O time gaúcho será o mandante no primeiro e a grande final acontecerá no estádio Allianz Parque, em São Paulo. Antes disso, porém, o clube paulista terá a decisão da Copa Libertadores contra o Santos, no próximo dia 30, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. O técnico Renato Gaúcho não vê qualquer vantagem ao time gaúcho se o rival for campeão.

“O Palmeiras tem um grande plantel, grandes jogadores. É difícil falar. Tem o lado bom, tem o lado ruim, mas o mais importante de tudo é o Grêmio se preparar”, disse o treinador, em entrevista coletiva na sede da CBF, no Rio de Janeiro, logo após o sorteio dos mandos de campo da final da Copa do Brasil.

O lado bom e ruim a que Renato Gaúcho se refere pode ser com relação ao desgaste físico do Palmeiras. Caso o time alviverde perca a Libertadores para o Santos, enfrentará o Grêmio na decisão da Copa do Brasil nos dias 11 e 17 de fevereiro. Isso em meio às rodadas decisivas do Campeonato Brasileiro. Se for campeão, o Palmeiras disputará o Mundial de Clubes da Fifa, entre 1 e 11 de fevereiro, no Catar, e assim a decisão da Copa do Brasil passaria então para os dias 28 de fevereiro e 7 de março, logo após a 38.ª e última rodada do Brasileirão e já pegando datas reservadas para os campeonatos estaduais.

“Se o Palmeiras e o Santos chegaram eu fico feliz por termos uma final de Libertadores brasileira aqui no Brasil. Fica difícil falar quem é favorito, são duas equipes que chegaram porque qualquer uma delas têm condições. Não existe favoritismos de um lado, nem do outro, assim como na Copa do Brasil. Minha torcida não vai fazer diferença, tenho certeza que o Palmeiras vai se preparar para a Libertadores e também para a Copa do Brasil”, comentou o treinador gremista.

Campeão da Libertadores com o Grêmio em 20217, Renato Gaúcho disse que não precisa dar dicas ao português Abel Ferreira, do Palmeiras. “A dica ele já sabe, está fazendo um grande trabalho, é jovem, inteligente, tem sabedoria para saber como ganha. Da mesma forma o Cuca lá no Santos. Não vai fazer diferença para o Grêmio, o importante é nós nos prepararmos. Se o Palmeiras estivesse enfrentando outro clube, de fora do Brasil, certamente estaria torcendo para eles. Mas como é o Santos, outro grande clube, do meu amigo Cuca, não tem torcida. O importante é o Grêmio se preparar”, afirmou.

Por fim, o treinador não quis entrar em polêmica sobre um duelo entre técnicos brasileiros e estrangeiros. “Não tem duelo, não. A pessoa quando é capacitada tem espaço para trabalhar. Nós abraçamos qualquer jogador e treinador que venha trabalhar no nosso país. A maior prova disso está aqui o Abel, foi muito bem recebido no Palmeiras, todo treinador torce por ele, menos quando enfrenta. A gente aprende com eles também, da mesma forma que eles com nós, são trocas de informações. Essas trocas de modos de trabalhar são importantes para trabalhar, importante para todos”, completou.

To Top