Camex zera imposto de importação de tanques de oxigênio em meio à crise em Manaus
Brasil

Camex zera imposto de importação de tanques de oxigênio em meio à crise em Manaus

Camex zera imposto de importação de tanques de oxigênio em meio à crise em Manaus

Por Ricardo Brito

BRASÍLIA (Reuters) – O presidente Jair Bolsonaro anunciou na noite desta sexta-feira, em uma rede social, que a Secretaria-Executiva da Câmara de Comércio Exterior (Camex) decidiu reduzir para zero o imposto de importação de tanques de oxigênio, em meio à crise da falta de fornecimento para o enfrentamento à Covid-19 em Manaus.

“A Camex se reuniu em caráter emergencial e reduziu para zero o imposto de importação de diversos itens como: respiradores automáticos, monitores de sinais vitais, sensores e tanques de O2”, disse Bolsonaro, acrescentando que a medida entra em vigor no sábado.

A rede de saúde de Manaus enfrenta uma escassez de oxigênio em razão da elevada demanda decorrente de uma severa segunda onda da Covid-19, e pacientes têm morrido sufocados dentro dos hospitais. Uma das causas da alta de casos na cidade é uma nova variante amazônica do coronavírus descoberta pela Fiocruz Amazônia este mês.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH0F007-BASEIMAGE

To Top