Preços ao produtor da zona do euro sobem mais do que o esperado em janeiro
Economia

Preços ao produtor da zona do euro sobem mais do que o esperado em janeiro

Preços ao produtor da zona do euro sobem mais do que o esperado em janeiro

Os preços ao produtor da zona do euro subiram mais do que o esperado em janeiro, sinalizando pressões inflacionárias mais fortes, mostraram dados do escritório de estatísticas da União Europeia, Eurostat, nesta quarta-feira.

O Eurostat disse que os preços nas portas das fábricas saltaram 1,4% no comparativo mensal em janeiro, ficando estável na variação anual. Economistas consultados pela Reuters esperavam um ganho mensal de 1,2% e uma queda anual de 0,4%.

O resultado mensal foi sustentado por altas de 3,5% nos preços da energia e de 1,2% nos bens intermediários. Sem o componente volátil de energia, os preços ao produtor subiram 0,8% em relação a dezembro.

Em termos anuais, os preços da energia caíram 1,6% e os bens de consumo não duráveis ficaram 0,5% mais baratos. Sem contar a energia, os preços ao produtor subiram 0,7% em relação a janeiro de 2020.

Os preços ao produtor mostram pressões inflacionárias no início da cadeia econômica e se traduzem em mudanças nos preços ao consumidor, que o Banco Central Europeu quer manter abaixo mas perto de 2% no médio prazo.

(Por Jan Strupczewsk)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH2217G-BASEIMAGE

To Top