Em momento conturbado do clube, Joan Laporta é eleito presidente do Barcelona
Esporte

Em momento conturbado do clube, Joan Laporta é eleito presidente do Barcelona

O Barcelona tem um novo/velho presidente para os próximos quatro anos. Ex-mandatário em dois mandatos, entre 2003 e 2010, o advogado espanhol Joan Laporta, de 58 anos, foi eleito neste domingo para comandar o clube catalão com a missão de reorganizar o futebol da equipe, tendo como principal desafio evitar a saída do craque argentino Lionel Messi ao final da atual temporada, no meio do ano.

Laporta obteve 30.184 mil votos (54,28% do total), superando com sobras os dois concorrentes, Victor Font (29,99%) e Toni Freixa (8,58%). A eleição deste domingo no Barcelona contou com a participação de mais de 51 mil sócios, um número muito próximo do recorde de comparecimento, que foi de 57.088 eleitores no pleito de 2010. Grande parte dos votos deste domingo foram enviados pelo correio, adaptação na regra da eleição feita pelo clube devido à pandemia de covid-19.

Até mesmo Messi, capitão da equipe, foi ao estádio Camp Nou neste domingo para votar em seu candidato nas eleições presidenciais do Barcelona. Segundo a imprensa espanhola, é a primeira vez que o astro argentino votou em um pleito para definir o presidente do clube catalão.

Laporta foi o presidente que contratou Ronaldinho Gaúcho, em 2003, iniciando uma era de conquistas no Barcelona. A primeira gestão do dirigente marcou também a chegada da revelação Messi ao time, na temporada 2003/2004. Quase 18 anos depois, corre o risco agora de ser o presidente que perdeu o argentino. O contrato do jogador, que tentou deixar o clube na última temporada, termina no fim de junho e não há até o momento indício de renovação.

No primeiro jogo após a eleição de Laporta, o Barcelona vai precisar de uma grande atuação contra o Paris Saint-Germain, nesta quarta-feira, no estádio Parque dos Príncipes, em Paris, para evitar a eliminação nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. Por ter perdido no Camp Nou por 4 a 1, só continuará na competição se vencer por quatro ou mais gols de diferença ou devolver o placar para levar a disputa para os pênaltis.

Nas outras competições, o Barcelona está na briga por títulos. É o vice-líder do Campeonato Espanhol, atrás do Atlético de Madrid, e está na final da Copa do Rei contra o Athletic Bilbao.

To Top