Anvisa editará nesta 6ª medidas para evitar falta de remédios para intubação
Brasil

Anvisa editará nesta 6ª medidas para evitar falta de remédios para intubação

Anvisa editará nesta 6ª medidas para evitar falta de remédios para intubação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou que deverá publicar ainda nesta sexta-feira medidas regulatórias emergenciais para evitar o desabastecimento de medicamentos para intubação e suporte ventilatório de pacientes graves.

Segundo nota do órgão regulador, as medidas a serem detalhadas ao longo do dia “irão desde a flexibilização de critérios até a possibilidade de importação direta de insumos por parte de hospitais e redes hospitalares privadas, passando pela máxima agilização dos processos”.

“Novas informações serão disponibilizadas no decorrer do dia”, diz a nota da Anvisa.

Em meio ao avanço das internações causadas pela Covid-19 no Brasil, Estados começam a registrar escassez de medicamentos usados para intubação, como sedativos e relaxantes musculares especiais para Unidades de Terapia Intensiva (UTI), de acordo com levantamento de governos estaduais e entregue à Anvisa.

Segundo o levantamento, enviado à Reuters pelo Fórum de Governadores, vários medicamentos têm estoque de no máximo 20 dias na maior parte dos Estados.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH2I0Y1-BASEIMAGE

To Top