Benefícios

Com adiamento do IR, confira dicas para não ter erro na hora da entrega da declaração

Serviços e informações do governo em um só canal na pandemia

Na semana passada, a Receita Federal adiou o prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2021, ano-base 2020, para o dia 31 de maio. 

Com isso, os contribuintes vão ter mais tempo para fazer o preenchimento, mas é importante não deixar para última hora. Até a última atualização na sexta-feira, o órgão recebeu mais de 13,6 milhões de documentos, o que não representa nem metade das declarações previstas (32,6 milhões). Para ajudar na hora de fazer a declaraçãoO DIA listou uma série de informações com dicas para os contribuintes.

No caso de despesas com imóveis, é importante destacar que tanto locatário como locador, devem declarar os aluguéis pagos e recebidos em sua declaração de  IR, ainda que apenas o locador possa abater/deduzir tais valores em seu imposto de renda. Fonte O Dia

To Top