Ações da China fecham em baixa pressionadas por setores financeiro e de energia
Asia

Ações da China fecham em baixa pressionadas por setores financeiro e de energia

Ações da China fecham em baixa pressionadas por setores financeiro e de energia

As ações da China fecharam em baixa nesta quinta-feira, pressionadas pelas empresas dos setores financeiro e energético, enquanto investidores avaliam a indicação inesperada de Pequim de afrouxamento monetário.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 1,02%, enquanto o índice de Xangai teve baixa de 0,79%.

Liderando as perdas, o subíndice financeiro do CSI300 e o de energia recuaram respectivamente 2% e 2,2%.

A China usará cortes oportunos na taxa de compulsório dos bancos para sustentar a economia real, especialmente pequenas empresas, disse o gabinete na quarta-feira.

Não necessariamente haverá um corte de compulsório depois de Pequim ter indicado um, e os investidores não deveriam esperar demais por um afrouxamento, escreveram em relatório analistas do Huachuang Securities.

Uma contínua correção das blue-chips também pesou sobre o mercado.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,88%, a 28.118 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 2,89%, a 27.153 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,79%, a 3.525 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,02%, a 5.088 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,99%, a 3.252 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,09%, a 17.866 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 1,08%, a 3.107 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,20%, a 7.341 pontos.

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH670H1-BASEIMAGE

To Top