Minério de ferro tem mínima de quase 3 semanas em Dalian com demanda fraca
Asia

Minério de ferro tem mínima de quase 3 semanas em Dalian com demanda fraca

Minério de ferro tem mínima de quase 3 semanas em Dalian com demanda fraca

PEQUIM (Reuters) – Os contratos futuros do minério de ferro negociados na China recuaram pela quarta sessão consecutiva nesta quinta-feira, chegando a atingir os menores níveis em quase três semanas, diante de perspectivas de mais importações da matéria-prima siderúrgica e em meio a um arrefecimento da demanda devido à decisão do governo chinês de limitar a produção de aço.

“O governo possui uma determinação relativamente forte de controlar a produção de aço neste ano, o que pode afetar a demanda pelas matérias-primas”, disse Li Wentao, analista da Tianfeng Futures.

Enquanto isso, as importações de minério de ferro pela China devem aumentar neste mês, acarretando possibilidades de um excesso de oferta, acrescentou Li.

O contrato mais negociado do minério de ferro na bolsa de commodities de Dalian, para entrega em setembro, chegou a despencar 7,3% durante a sessão, a 1.115 iuanes (172,51 dólares) por tonelada –menor patamar desde 2 de julho. Fechou em queda de 5,3%, a 1.138 iuanes por tonelada.

Os preços “spot” do minério com 62% de teor de ferro para entrega à China cederam 8 dólares nesta quinta-feira, para 209,50 dólares a tonelada, de acordo com a consultoria SteelHome. Na véspera, as cotações já haviam recuado 4 dólares.

(Reportagem de Min Zhang e Shivani Singh)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6L0QX-BASEIMAGE

To Top