Profissionais de saúde dividem tapete vermelho com estrelas do cinema em estreia em Londres
Celebridades

Profissionais de saúde dividem tapete vermelho com estrelas do cinema em estreia em Londres

Profissionais de saúde dividem tapete vermelho com estrelas do cinema em estreia em Londres

Atores e profissionais de saúde do Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS) e um flash mob compareceram à estreia da comédia “Off the Rails” nesta quinta-feira, no primeiro evento de tapete vermelho em Londres desde a suspensão da maioria das restrições para conter a Covid-19.

Apesar de uma nova onda de casos no país, o primeiro-ministro Boris Johnson encerrou a maioria das restrições na Inglaterra na segunda-feira, como a necessidade de realizar o distanciamento social, por exemplo.

Entre os convidados para a exibição do filme na Leicester Square, na região central da capital inglesa, onde um flash mob se apresentou, estavam 150 profissionais da NHS, incluindo Fidelia Essell-Uwagbae, chefe de enfermagem em um centro de vacinação.

“Absolutamente empolgada para ver o país voltando ao mais próximo do normal possível, mas ainda precisamos tomar aquelas precauções”, disse ela à Reuters no tapete vermelho.

O número diário de novos casos tem subido amplamente no Reino Unido no último mês, mas o rápido programa de vacinação parece ter enfraquecido a relação entre o número de infecções e o número de mortes, com o número diário de óbitos chegando a níveis relativamente baixos.

“É um pouco atordoante, mas é muito legal. É muito bom ver todos e ir ao cinema”, disse a atriz Sally Phillips, que estrela o filme sobre um grupo de mulheres que tenta completar uma viagem de trem pela Europa para realizar o último desejo de uma amiga.

Phillips, conhecida por seu papel coadjuvante na franquia de filmes de Bridget Jones, integra o elenco ao lado da atriz Kelly Preston, que morreu no ano passado após uma luta contra o câncer de mama, da vencedora do Oscar Judi Dench e da cantora Andrea Corr. Os membros do elenco usaram colares soletrando o nome “Kelly” para homenagear Preston.

(Reportagem de Sarah Mills)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6L1AF-BASEIMAGE

To Top