OMS enfrenta falta de recursos em meio a escassez de vacinas e oxigênio
Business

OMS enfrenta falta de recursos em meio a escassez de vacinas e oxigênio

OMS enfrenta falta de recursos em meio a escassez de vacinas e oxigênio

A Organização Mundial da Saúde (OMS) está pleiteando 11,5 bilhões de dólares de financiamento urgente para combater a Delta, a variante mais infecciosa do coronavírus, mostrou um esboço de relatório visto pela Reuters, em meio a temores de que nações ricas estejam negligenciando em parte os programas contra Covid-19 da entidade.

Uma grande porção do dinheiro sendo requisitado pelos parceiros da OMS é necessária para comprar testes, oxigênio e máscaras em nações mais pobres, diz o documento que se espera ser divulgado nesta semana. Um quarto do montante seria para comprar centenas de milhões de doses de vacinas.

O documento, ainda sujeito a alterações, delineia os resultados e as necessidades financeiras do Acelerador de Acesso a Ferramentas contra a Covid-19 (ACT-A), o programa coliderado pela OMS para distribuir vacinas contra Covid-19, remédios e testes de forma justa em todo o mundo.

O programa criado no início da pandemia continua muito subfinanciado, e agora seus coordenadores reconhecem que ele continuará assim, já que muitos governos buscam tratar das necessidades globais da Covid “de maneira diferente”, disse uma autoridade do ACT-A à Reuters sob condição de anonimato.

Como resultado, a iniciativa reduziu em quase 5 bilhões de dólares seu pedido total de financiamento, mostra o documento –mas ela ainda precisa de 16,8 bilhões, quase tanto quanto o que se arrecadou até agora, e 7,7 bilhões são necessários urgentemente.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH7215N-BASEIMAGE

To Top