Organizações da sociedade civil se unem em manifesto em defesa da democracia
Últimas Notícias

Organizações da sociedade civil se unem em manifesto em defesa da democracia

portalmixvalegoogle

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Um grupo de 29 entidades da sociedade civil se reuniu para promover uma campanha pela democracia brasileira.

A iniciativa, lançada nesta quarta-feira (15), inclui uma agenda com propostas que podem ser utilizadas por instituições, líderes da sociedade civil, meios de comunicação e cidadãos na defesa da democracia, segundo comunicado das organizações.

Também faz parte da ação a divulgação de um vídeo no qual personalidades falam sobre ataques que sofreram por conta de sua atuação profissional e posicionamentos políticos.

Entre as entidades que participam do movimento estão o Instituto Igarapé, Instituto Alana, Aliança Nacional LGBTI+, a Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo), Conselho Nacional da Juventude, Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Instituto Sou da Paz e Fundação Tide Setubal.

“A defesa da democracia é um exercício diário e rotineiro, em especial em países como o Brasil, onde a democracia é jovem e está longe de ser consolidada. O fechamento do espaço cívico representa um ataque direto à democracia, já que se trata da esfera pública onde cidadãs e cidadãos se organizam, debatem e agem para influenciar as políticas públicas e os rumos de nosso país”, afirma Ilona Szabó, presidente do Instituto Igarapé e colunista da Folha.

Segundo ela, vivemos uma situação dramática de restrição das liberdades de expressão, de participação, de associação, do exercício da liberdade de imprensa, de reunião e das atividades acadêmicas.

A agenda e o vídeo fazem parte do Programa Espaço Cívico, que inclui pesquisas e análises sobre o tema, uma série de podcasts, um livro e um a rtigo.

O vídeo traz depoimentos de personalidades como Carolina Solberg, Debora Diniz, Felipe Neto, Ricardo Galvão, Zezé Motta e Pedro Hallal, também colunista da Folha de S.Paulo.

To Top