Atlético-GO usa como trunfo visita ao Bragantino, outro que joga melhor fora
Últimas Notícias

Atlético-GO usa como trunfo visita ao Bragantino, outro que joga melhor fora

portalmixvalegoogle

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O técnico interino do Atlético-GO, Eduardo Souza, deixou o Maracanã no último sábado (9), após empate sem gols com o Fluminense, sem se dar conta do ato falho que cometeu ao elogiar a postura de sua equipe no segundo tempo da partida.

“Parecia que estávamos jogando em nossa casa, no Antônio Accioly, pois buscamos a vitória até o fim”, disse, na ocasião.

Com campanha de vice-lanterna em Goiânia, onde tem 36,1% de aproveitamento, o time rubro-negro tem números de quem joga em casa neste Campeonato Brasileiro curiosamente quando está longe de seus domínios, trunfo que terá em visita ao Red Bull Bragantino às 19h desta terça-feira (12).

Visitante indigesto, o time rubro-negro estaria na quinta colocação se dependesse só de seus jogos distantes da capital goiana: até aqui foram cinco vitórias, três empates e quatro derrotas fora, que equivalem a um aproveitamento de 50% dos pontos em disputa.

A realidade, no entanto, é que o Atlético deixou seu último compromisso apenas na 11ª posição, com 31 pontos. Isso porque em casa, onde não vence há nove jogos, o desempenho é frustrante, com só duas vitórias, sete empates e três derrotas.

A campanha atleticana, no entanto, não é incomum: o Bragantino também pena quando joga em casa, mas é avassalador como visitante, o melhor da competição neste quesito —foram duas derrotas, três empates e sete vitórias até aqui, sendo a mais recente delas um 4 a 2 sobre o Palmeiras, também no sábado.

“O diferencial neste jogo foi a maturidade que tivemos. Abrimos uma vantagem ampla, deixamos o adversário encostar —um adversário perigoso, jogando em casa e com o apoio da torcida— e soubemos ter equilíbrio para suportar a pressão e buscar outras oportunidades”, disse o técnico Maurício Barbieri.

O desafio do treinador é levar esse embalo para Bragança Paulista (SP), onde soma só duas vitórias, oito empates e duas derrotas, um aproveitamento de apenas 38,89% —fosse considerado só isso, o time não estaria em quinto, com 38 pontos, mas à beira do Z-4, em 16º.

O triunfo no Allianz Parque ainda trouxe alívio por ter encerrado uma sequência de seis partidas sem vencer do Bragantino. Resta agora dar fim ao jejum de cinco jogos sem vitórias no estádio Nabi Abi Chedid —a última foi em 31 de agosto, no 1 a 0 sobre o Grêmio.

Estádio: Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)

Horário: 19h (de Brasília) desta terça-feira (12)

Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)

VAR: Rodrigo Nunes de Sá (FIFA/RJ)

Transmissão: Premiere

To Top