Naufrágio com imigrantes no Canal da Mancha deixa ao menos 33 mortos
Internacional

Naufrágio com imigrantes no Canal da Mancha deixa ao menos 33 mortos

Ao menos 33 pessoas morreram nesta quarta-feira, 24, em um naufrágio de um barco que levava imigrantes da França para a Inglaterra, no Canal da Mancha. Segundo autoridades dos dois países, é o maior acidente do gênero em anos.

De acordo com pescadores que trabalham na região, nas últimas semanas tem aumentado o número de imigrantes que tentam chegar ao Reino Unido pelo mar, aproveitando-se das condições calmas, ainda que geladas, das águas do canal. Foi um desses pescadores que identificou o naufrágio de hoje e alertou autoridades francesas. De acordo com Franck Dhersin, prefeito de Teteghem, na costa francesa, que concentra as operações de resgate, o número de mortes deve aumentar.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, convocou uma reunião de emergência para avaliar o acidente. Ao menos três helicópteros sobrevoam o local, além de barcos de resgate.

Nos últimos anos, a polícia francesa tem coibido este tipo de travessia, mas o fluxo de imigrantes que cruza o canal rumo ao Reino Unido continua alto, o que tem provocado tensões entre Paris e Londres. (Com agências internacionais)

To Top