Com explosão de casos de Covid e gripe, UBSs de São Paulo abrem aos sábados
Últimas Notícias

Com explosão de casos de Covid e gripe, UBSs de São Paulo abrem aos sábados

portalmixvalegoogle

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Por causa da explosão de casos de pacientes com sintomas gripais, que lotam a rede de atendimento, as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) na cidade de São Paulo vão abrir neste sábado das 8h às 17h.

Nesta quinta-feira (6), quando a prefeitura decidiu pela ampliação no funcionamento das UBSs, Luiz Antonio Vieira Caldeira, coordenador da Vigilância Sanitária, afirmou que na véspera 53 mil pessoas procuraram a rede de saúde municipal com quadros gripais. Ele disse acreditar que o número seja recorde.

Desde 23 de dezembro, por causa da pressão nas emergências, as UBSs passaram a atender pessoas com problemas respiratórios, sem a necessidade de agendamento.

De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde, a lotação nas unidades de saúde é de pacientes suspeitos de terem sido infectados pela variante ômicron do novo coronavírus ou pelo vírus influenza, da gripe.

No início desta semana, a Folha mostrou que a fila de espera para atendimento na AMA (Assistência Médica Ambulatorial) Sorocabana, na Lapa, na zona oeste, era de cinco horas. Hospitais particulares estavam com filas com tempo semelhante.

Caldeira afirmou que a procura de pacientes com sintomas gripais hoje é semelhante ao pico da Covid, em março e abril de 2021. A diferença, disse, é que agora são casos que não precisam de internação e que são receitados medicamentos para o tratamento.

Desde quarta-feira (5), a Prefeitura de São Paulo faz dupla testagem, de Covid e influenza, nas pessoas com sintomas gripais que procuram atendimento médico.

A ideia é fazer um painel mais preciso para avaliar como está a transmissão dos dois vírus na cidade e, principalmente, o avanço da ômicron. Em análise preliminar, verificou-se que a nova cepa respondia ao menos pela metade da prevalência dos casos de Covid-19 na capital.

Segundo a secretaria, primeiro será feito teste rápido de antígeno para Covid. Se o resultado, que sai em 15 minutos, der positivo, será aplicado o teste RT-PCR. Caso dê negativo, será feita testagem para influenza.

FIQUE ATENTO

Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, a síndrome gripal é caracterizada pela pessoa com quadro respiratório agudo, com pelo menos dois dos seguintes sintomas:

febre calafrios dor de garganta dor de cabeça tosse coriza distúrbios olfativos distúrbios degustativos Além do atendimento para pacientes com sintomas gripais, as UBSs abrem neste sábado (8) para vacinação contra a Covid-19 e contra a gripe. De acordo com a pasta da Saúde, é possível receber os imunizantes contra as duas doenças no mesmo dia.

Já neste domingo (9), a vacinação será feita em sete parques e em duas farmácias da avenida Paulista, na região central.

Segundo a secretaria, desde o dia 24 de dezembro passado, quando foi retomada a vacinação contra influenza na capital, foram aplicadas 503.492 doses.

Na véspera, em 23 de dezembro, a prefeitura recebeu do Instituto Butantan a doação de 1 milhão de doses do imunizante contra o vírus H1N1, que têm pouco efeito sobre a epidemia atual, provocada pela Darwin, variante da influenza H3N2. Mesmo assim, o pediatra Renato Kfouri, diretor da SBIm (Sociedade Brasileira de Imunizações), afirma que quem não recebeu a dose na campanha realizada entre abril e agosto de 2021 deve tomar a vacina.

A próxima campanha de vacinação contra a gripe, já com imunizante capaz de proteger contra a nova variante do influenza, é prevista para o segundo trimestre.

*

Veja onde se vacinar no fim de semana na capital Contra Covid-19 e influenza

Sábado (8)

UBSs (Unidades Básicas de Saúde)

das 8h às 17h

Veja endereços

AMAS/UBSs Integradas

das 7h às 19h

Veja endereços

Domingo (9)

Farmácias

das 8h às 16h

avenida Paulista 266 e 2371

Parques

Centro: Buenos Aires

Sul: Guarapiranga

Leste: parque do Carmo

Oeste: Villa Lobos

Sudeste: Independência

Norte: Juventude

Fonte: Secretaria Municipal da Saúde

To Top