Auxílio Brasil tem nova inclusão de grupos para pagamentos
Auxílio Brasil

Auxílio Brasil tem nova inclusão de grupos para pagamentos

AUXÍLIO BRASIL/LEI

Auxílio Brasil tem nova inclusão de grupos para pagamentos O Ministério da Cidadania informou hoje que mais 3 milhões de famílias foram incluídas no Auxílio Brasil, programa de transferência de renda que substituiu o Bolsa Família. Agora, o total de famílias atendidas em janeiro subiu para 17,5 milhões, e cada uma delas receberá ao menos R$ 400 por mês, segundo o governo federal.

A pasta ainda diz ter “zerado a fila” de elegíveis em 2021 do programa com essa inclusão de novas famílias. O investimento total é de R$ 7,1 bilhões em janeiro.

“As 3 milhões de novas famílias incluídas já começaram a receber notificações desde a última semana. Ao entrar no programa, elas recebem, via Correios, no endereço informado durante o cadastramento, duas cartas da Caixa: a primeira é um informativo com orientações gerais, enquanto a segunda traz o Cartão Auxílio Brasil”, explicou o Ministério da Cidadania, em nota.

O Cartão Auxílio Brasil é gerado automaticamente em nome do responsável da família. É com ele que será possível sacar — total ou parcialmente — o valor do benefício. Além disso, pelo aplicativo Caixa Tem, o beneficiário pode pagar contas, fazer transferências e conferir o saldo, por exemplo.

Vale lembrar que as parcelas mensais do Auxílio Brasil ficam disponíveis para saque por 120 dias após a data de depósito. O valor do benefício pode ser consultado no extrato de pagamento, em “Mensagem Auxílio Brasil”.

Pagamentos em janeiro

O calendário de pagamentos de 2022 começa em uma semana, a partir de 18 de janeiro. Para saber o dia exato em que o Auxílio Brasil ficará disponível para saque ou crédito em conta bancária, basta checar o último dígito do NIS (Número de Identificação Social) impresso no cartão de cada titular. Cada final do NIS tem uma data correspondente. (Veja calendário completo abaixo)

Os beneficiários com NIS de final 1 recebem a primeira parcela de 2022 já no próximo dia 18, seguidos por aqueles com NIS de final 2 (19 de janeiro), final 3 (20 de janeiro) e assim sucessivamente. Confira o cronograma de pagamentos em janeiro :

  • NIS final 1: 18 de janeiro
  • NIS final 2: 19 de janeiro
  • NIS final 3: 20 de janeiro
  • NIS final 4: 21 de janeiro
  • NIS final 5: 24 de janeiro
  • NIS final 6: 25 de janeiro
  • NIS final 7: 26 de janeiro
  • NIS final 8: 27 de janeiro
  • NIS final 9: 28 de janeiro
  • NIS final 0: 31 de janeiro

Como funciona o Auxílio Brasil?

O Auxílio Brasil contempla nove tipos diferentes de benefício. Os três primeiros formam o núcleo básico. São eles:

  • Benefício Primeira Infância: destinado às famílias com crianças entre zero e 36 meses incompletos/
  • Benefício Composição Familiar: destinado a jovens de 18 a 21 anos incompletos. O objetivo é incentivar esse grupo a permanecer nos estudos para concluir pelo menos um nível de escolarização formal;
  • Benefício de Superação da Extrema Pobreza: se a renda mensal de cada integrante da família não superar a linha da extrema pobreza mesmo após receber os benefícios anteriores, a família terá direito a um apoio financeiro sem limitações relacionadas ao número de membros do núcleo familiar.

Os outros tipos de benefício são:

  • Auxílio Esporte Escolar: destinado a estudantes com idades entre 12 e 17 anos incompletos que sejam membros de famílias beneficiárias do Auxílio Brasil e que se destacam em competições oficiais do sistema de jogos escolares brasileiros;
  • Bolsa de Iniciação Científica Júnior: destinada a estudantes com bom desempenho em competições acadêmicas e científicas e que sejam beneficiários do Auxílio Brasil. A transferência do valor será feita em 12 parcelas mensais. Não há número máximo de beneficiários por núcleo familiar;
  • Auxílio Criança Cidadã: destinado ao responsável por família com criança de zero a 48 meses incompletos que consiga fonte de renda, mas não encontre vaga em creches públicas ou privadas da rede conveniada. O valor será pago até a criança completar 48 meses de vida. O limite por núcleo familiar ainda será regulamentado;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Rural: é a concessão de um auxílio financeiro mensal para que o cidadão possa começar a investir em uma produção rural própria. Pelo benefício, ele receberá capacitação de técnico agrícola sobre manejo na agricultura familiar;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: é um incentivo para o beneficiário integrar o mercado formal de trabalho, com a garantia de que, caso mantenha os demais requisitos do Auxílio Brasil, será apoiado pelo governo federal;
  • Benefício Compensatório de Transição: para famílias que estavam na folha de pagamento do Bolsa Família e perderam parte do valor recebido em decorrência do enquadramento no Auxílio Brasil. Será concedido no período de implementação do novo programa e mantido até que haja reajuste do valor recebido pela família ou até que não se enquadre mais nos critérios de elegibilidade. Fonte: Economia Uol
To Top