Doria inicia vacinação de crianças contra Covid nesta sexta no Hospital das Clínicas
Últimas Notícias

Doria inicia vacinação de crianças contra Covid nesta sexta no Hospital das Clínicas

portalmixvalegoogle

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O estado de São Paulo começa a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19 nesta sexta-feira (14). A prioridade será para quem tem comorbidades ou deficiência.

Em nota, o governo João Doria (PSDB), afirmou que o início da aplicação do público infantil será em cerimônia simbólica às 12h no Hospital das Clínicas, na região central da capital paulista. O local é o mesmo onde foi aplicada a primeira vacina contra a Covid no Brasil em 17 de janeiro de 2021.

Uma criança com deficiência deverá ser a primeira vacinada contra Covid-19 no país na cerimônia da tarde desta sexta.

Assim como na vacinação de adultos, Doria —que é pré-candidato à presidência pelo PSDB— se antecipa novamente ao governo federal na largada de vacinação. O tucano rivaliza o presidente Jair Bolsonaro, que tem se mostrado contrário à imunização de crianças e chegou, inclusive, a questionar os interesses da Anvisa em aprovar a vacina pediátrica.

Em janeiro de 2021, o governo paulista imunizou a enfermeira Monica Calazans horas após a Anvisa liberar o uso da Coronavac para imunização contra Covid no país.

Assim, a vacinação em São Paulo começa no dia seguinte à chegada do primeiro lote de vacinas para crianças contra Covid, na madrugada desta quinta-feira (13). A carga com 1,2 milhão de doses de imunizantes da Pfizer chegou ao aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), foi transferida para Guarulhos, na Grande São Paulo, e começou a ser distribuída para os estados.

O governo estadual afirmou na quinta que receberia cerca de 250 mil imunizantes pediátricos da Pfizer para iniciar a vacinação. Além das crianças de 5 a 11 anos de idade com comorbidades ou deficiência, também terão prioridade indígenas e quilombolas.

No estado de São Paulo, o pré-cadastro para vacinação do público infantil já pode ser feito no site Vacina Já. A estimativa é que 4,3 milhões de crianças comecem a ser vacinadas assim que as doses forem liberadas pelo Ministério da Saúde.

O pré-cadastro é opcional e não funciona como agendamento, mas agiliza o atendimento nos locais de imunização.

No estado, a vacinação das crianças será realizada em 5.000 pontos de vacinação, além de 268 escolas públicas estaduais.

A Prefeitura de São Paulo planeja começar a vacinação de crianças na próxima segunda-feira (17). A estimativa é que 60 mil doses sejam distribuídas para a capital nesta sexta.

Segundo o titular da pasta da Saúde na capital paulista, Edson Aparecido, a expectativa é que a prefeitura distribua as doses pediátricas no sábado (15) para cerca de 700 pontos de vacinação espalhados pela cidade para o início da imunização na segunda.

Na quinta, a Secretaria Municipal da Saúde afirmou que na cidade a imunização também será iniciada pelas crianças que têm comorbidades ou deficiência física, de 5 a 11 anos.

Os pais terão de apresentar atestado médico, receita ou exames que comprovem a condição. A vacinação também estará disponível para crianças indígenas aldeadas da mesma faixa etária.

To Top