Últimas Notícias

Polêmica, tabu e disputa entre craques: saiba tudo que está em jogo entre Palmeiras e Santos na final da Copinha

portalmixvalegoogle

A decisão da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2022 será um clássico: Palmeiras e Santos se enfrentam nesta terça-feira, às 10h, no Allianz Parque, com os olhares voltados para duas promessas do futebol brasileiro: Endrick e Rwan Seco, que também são candidatos a craque do torneio. Mas a busca pelo título não se resume a apenas dois jogadores. Vencer o principal torneio de base do país também pode dar fim a sua incômoda seca e render homenagens ao Rei Pelé.

O Palmeiras tem sete vitórias e um empate e vem em evolução ao longo da campanha. Depois de eliminar Mauá, Atlético-GO e Internacional no início do mata-mata, o Verdão teve sua atuação mais destacada nas quartas de final, a goleada por 5 a 2 sobre o Oeste, com direito a golaço de Endrick de bicicleta. Nas semifinais, venceu o clássico com o São Paulo e chega na decisão tentando exorcizar o tabu de nunca ter vencido a Copinha.

Copinha:
de Negueba a Gabriel Jesus, como estão os craques das últimas dez edições

A grande dúvida é sobre a utilização de Endrick, que foi indicado como craque do torneio. Na semifinal, ele entrou apenas no segundo tempo e não teve boa atuação. Porém, nos jogos anteriores, só faltou fazer chover. A sequência de jogos e o fato de a categoria sub-15 ter minutagem diferente da sub-20 no futebol brasileiro ajuda a explicar os motivos para o atleta ser preservado.

Provável escalação: Mateus; Garcia, Naves, Lucas Freitas e Vanderlan; Fabinho, Pedro Bicalho e Jhonatan; Gabriel Silva, Giovani e Vitinho (Endrick).

Para muitos, a campanha do Santos é surpreendente na Copinha. Apesar de sempre ser um candidatos ao título na base, a atual geração não era tratada como uma das favoritas a vencer a Copinha. Mas faz uma campanha de tirar o chapéu: classificação na fase de grupos com três vitórias e goleada sobre o Chapadinha, na segunda fase. Na terceira, um sufoco: precisou ir aos pênaltis para eliminar a Ferroviária. Mas depois passou por Fluminense e pelo América-MG de forma dominante para chegar na grande decisão.

Moral com Abel:
Destaques da Copinha ganham pontos no Fluminense

O Santos terá um desfalque de peso. O atacante Lucas Barbosa, que fez dois dos três gols na vitória por 3 a 0 sobre o América-MG, pela semifinal, está suspenso e não poderá disputar a decisão. Além disso, ele tem outros quatro gols na Copinha e é um dos artilheiros do Peixe. O provável substituto é o meia Fernandinho. Além de Lucas Barbosa, o Santos não contará com o lateral-direito Sandro Perpétuo, com uma lesão na coxa.

Provável escalação: Diógenes; Andrey Quitino, Jair Paula, Derick e Lucas Pires; Jhonnathan, João Victor e Ed Carlos; Fernandinho, Rwan Seco e Weslley Patati.

A Federação Paulista de Futebol se colocou no meio de uma polêmica ao definir o Allianz Parque como local da final da Copinha. Sem o Pacaembu, tradicional palco e que passa por reformas, a FPF disse que a escolha pelo estádio do Palmeiras foi tomada após “análise minuciosa de todas variáveis envolvidas na grande final da Copa São Paulo e diálogo com a Polícia Militar de São Paulo”. Além disso, o Verdão tem melhor campanha no torneio.

O Santos, porém, protestou contra a postura da FPF por entender que a situação “privilegia o outro finalista e não atende ao princípio de isonomia”. O Peixe queria que a partida fosse disputada no Canindé, assim não beneficiando nenhum dos clubes.

Segundo a FPF, o jogo também foi marcado para as 10h por “motivos de segurança”, para não coincidir a partida do Corinthians com a Ferroviária na Neo Química Arena, pelo Paulistão, também na terça-feira, mas às 21h.

A final também é praticamente um tira-teima para eleger o craque da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Pelo lado santista, o grande destaque é Rwan Seco, que já foi elogiado até pelo técnico Fábio Carille e tem chances de integrar a equipe profissional do Santos já nesta temporada. Pelo Palmeiras, o fenômeno Endrick tem chamado atenção de clubes europeus e muitos torcedores alviverdes querem que ele seja incrito no Mundial de Clubes — apesar de Abel Ferreira já ter rechaçado essa possibilidade.

Rwan é tratado como a maior joia recente da base do Santos. Em 2021, marcou 13 gols em 18 jogos pelo sub-20, sendo o artilheiro da equipe na categoria. Já no sub-23 foram três gols em 11 jogos disputados. Na Copinha, os números do jovem de 20 anos seguem impressionando: seis tentos em oito partidas — está empatado com Lucas Barbosa na artilharia do Santos.

Já Endrick está provocando “uma guerra” entre Barcelona e Real Madrid e chegou a ser comparado a Romário por um jornal espanhol. Uma ida de Endrick à Europa só poderá acontecer quando o garoto completar 18 anos, algo que só acontecerá em 2024. No entanto, o atacante poderá ser negociado antes mesmo de completar a maioridade. Na Copinha, ele tem cinco gols em apenas 191 minutos em campo (média de um gol a cada 38 minutos).

Para o Palmeiras, a final também é a chance de acabar com o fato de nunca ter conquistado a Copinha, que é uma das piadas dos rivais. Para isso, a aposta é na boa fase da equipe comandada por Paulo Victor Gomes, que ainda não perdeu no torneio — são sete vitórias e um empate. É a primeira vez que o Verdão consegue sete triunfos em uma única edição do torneio.

Copinha:
de Vanderson a Praxedes, como estão os destaques da última edição do torneio

Esta será a terceira vez que o Palmeiras chega na decisão da Copinha. A última aconteceu há 19 anos, quando a geração de 2003 que contava com Vagner Love e companhia foi derrotada pelo Santo André. Antes, em 1970, acabou sendo superado na final pelo Corinthians.

O Santos tambémfará homenagem a Pelé na final da Copinha. Todos os jogadores do Peixe terão mensagem de apoio ao Rei, que trata câncer, estampada na camisa. A mensagem será #VidaLongaAoRei estampada nas costas do uniforme.

To Top