Últimas Notícias

Ceará consegue empate nos acréscimos e frustra Flamengo no Castelão

portalmixvalegoogle

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Em jogo cheio de alternativas no Castelão, Ceará e Flamengo empataram por 2 a 2, pelo Brasileiro. O Flamengo vencia até os 45 minutos do segundo tempo, mas Nino Paraíba, em cobrança de falta, deixou tudo igual.

Willian Arão abriu a contagem de cabeça, mas Mendoza empatou ainda na etapa inicial. O camisa 5 voltou a deixar o Flamengo em vantagem e os rubro-negros viram a vitória escorrer pelos dedos já nos acréscimos.

O time carioca teve mais o controle da partida desde o início diante de um rival que deu muito espaço para a equipe de Paulo Sousa trabalhar a bola. A equipe de Dorival Jr. abafou na etapa final e conseguiu um ponto valioso.

Após um tempo longe de casa, o Flamengo volta ao Maracanã na terça, às 21h30, quando encara a Universidad Católica (CHI), pela Libertadores. No mesmo dia, o Alvinegro recebe o General Caballero (PAR), 19h15, em jogo válido pela Sul-Americana.

Quem foi bem: Willian Arão em dia de artilheiro

Após quebrar um galho na zaga, Willian Arão voltou a ocupar sua posição de origem e brilhou. Conhecido pela qualidade na bola aérea, o volante aproveitou duas bolas paradas cobradas por Arrascaeta para marcar de cabeça. Ao lado de João Gomes, o camisa 5 deu mais solidez ao setor defensivo e melhorou a qualidade da saída.

Mendoza inferniza defesa do Flamengo

Principal escape alvinegro na partida, Mendoza foi uma dor de cabeça para o sistema defensivo do Flamengo, especialmente quando caiu nas costas de Isla. Com muita velocidade e vantagem nos duelos individuais, o colombiano abriu espaços para os companheiros e mostrou estar ligado no lance que resultou em seu gol.

Flamengo: castigo no final

Com uma atuação coletiva bastante sólida, o Flamengo mostrava muita superioridade ante o rival. A equipe marcava firme, dava poucas brechas para os alvinegros e fazia sobressair a qualidade individual de seus jogadores. No cochilo que deu, entretanto, o permitiu o empate do Vozão. Ainda teve tranquilidade para retomar as rédeas do jogo, mas, quando a vitória se encaminhava, Hugo deu mole em cobrança de falta de Nino Paraíba.

Ceará: marcação frouxa e poucas opções

O Ceará apostou na estratégia de deixar o Flamengo jogar com mais espaço e sair em velocidade no contra-ataque. A ideia deu certo em partes, já que a velocidade de Mendoza foi a principal arma da equipe, mas a tranquilidade que o Fla teve para jogar foi um efeito colateral. Na bola aérea, o Vozão viu o Fla marcar duas vezes e carimbar a trave de João Ricardo. Quando o jogo se encaminhava para o final, Nino Paraíba tirou uma cobrança de falta da cartola e garantiu o ponto.

Flamengo tem desfalque logo no início

Com menos de 10 minutos de jogo, Vina, grande esperança de gols do torcedor alvinegro, sentiu problema muscular na panturrilha e desabou no gramado. O camisa 29 deu lugar para Zé Roberto.

Pênalti recusado

Aos 40 do segundo tempo, Gabigol caiu na área após contato com Richardson e pediu pênalti. Luis Flavio de Oliveira parou a partida, fez consulta ao árbitro de vídeo Rodrigo Guarizo, mas mandou o jogo seguir.

Cronologia

Aos 6 do primeiro tempo, Arrascaeta cobrou escanteio e Arão cabeceou para marcar. Aos 25, Zé Roberto cobrou falta com rapidez, Mendoza saiu em velocidade e bateu sem chance para Hugo. Aos 37, Arrascaeta bateu falta e Arão raspou de cabeça para marcar de novo. Aos 45 do segundo, Nino bateu falta e marcou.

A torcida do Flamengo esgotou os 10.500 disponibilizados para os rubro-negros no Castelão. A Nação marcou presença desde o momento do desembarque da delegação e fez barulho em campo.

*

FICHA TÉCNICA:

CEARÁ x FLAMENGO

Competição: Campeonato Brasileiro – Sexta rodada

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)

Dia: 14 de maio de 2022, sábado

Horário: 16h30 (horário de Brasília)

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)

Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Gols: Willian Arão, aos 6 minutos do primeiro tempo; Mendoza, aos 25 minutos do primeiro tempo; Arão, aos 37 do primeiro tempo; Nino Paraíba, aos 45 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Pablo, Ayrton Lucas, Bruno Henrique, Marcos Paulo, Hugo Souza (FLA); Geovane, Mendoza, Erick, Lucas Ribeiro, Richardson (CEA)

Cartões vermelhos: –

Ceará: João Ricardo; Michel Macedo (Nino Paraíba), Gabriel Lacerda, Marcos Victor e Bruno Pacheco; Lucas Ribeiro (Victor Luis), Geovane (Richardson) e Erick (Yuri Castilho); Lima, Mendoza e Vina (Zé Roberto).

Técnico: Dorival Júnior

Flamengo: Hugo; Isla (Marcos Paulo), Pablo, David Luiz (David Luiz) e Ayrton Lucas (Matheuzinho), Willian Arão, João Gomes, Everton Ribeiro (Andreas Pereira), Arrascaeta, Bruno Henrique (Lázaro) e Gabigol. Técnico: Paulo Sousa

To Top