Últimas Notícias

Defesa de Zé Trovão diz a Moraes que vídeo em rede social foi ‘causa nobre’

portalmixvalegoogle

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – A defesa do bolsonarista Marcos Antônio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão, disse que ele publicou um vídeo em que defende o presidente Jair Bolsonaro (PL) e pede manifestações contra os aumentos nos preços dos combustíveis pela Petrobras por uma “causa nobre”. A justificativa foi uma resposta ao ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes.

“Em data de hoje, esta defesa justificou ao Sr. Ministro Alexandre de Moraes que embora possa parecer uma violação, subjetivamente agiu por uma causa nobre acalmando os ânimos da classe dos caminhoneiros”, diz a nota.

Os advogados também disseram que o caminhoneiro não foi desrespeitoso “com quaisquer dos Poderes”. O texto diz, ainda, que Zé Trovão tem respeitado as restrições.

“Tendo agido desta vez unicamente movido pelo interesse público de estancar uma greve que teria repercussões sociais graves”, finaliza.

O líder dos caminhoneiros descumpriu uma proibição do Supremo ao publicar o vídeo. Zé Trovão é alvo de processo no STF por ter incitado atos com pautas antidemocráticas no ano passado. Em fevereiro deste ano ele passou a cumprir prisão domiciliar, mas Moraes manteve a imposição do uso de tornozeleira eletrônica.

Além disso, segundo determinação do ministro, o bolsonarista está proibido de usar redes sociais: “Verifica-se que as circunstâncias fáticas que motivaram a necessidade de decretação das prisões domiciliares já não se mantêm, constando dos autos que os investigados vêm cumprindo regularmente todas as medidas cautelares impostas”, escreveu Moraes na decisão.

To Top