Internacional

‘Israel, a pretexto de derrotar o Hamas, está matando mulheres e crianças’, diz Lula no Egito

mixvale

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quinta-feira, 15, no Egito, que Israel está matando mulheres e crianças em sua ofensiva na Faixa de Gaza a pretexto de derrotar o Hamas. O petista deu a declaração ao lado do presidente egípcio, Abdel Fatah Al-Sisi.

“O Brasil foi um país que condenou de forma veemente a posição do Hamas no ataque à Israel”, disse Lula. “Mas não tem nenhuma explicação o comportamento de Israel, a pretexto de derrotar o Hamas, estar matando mulheres e crianças, coisas jamais vista em qualquer guerra que eu tenha conhecimento”, afirmou o presidente brasileiro.

Lula criticou a impotência das ONU frente a conflitos como os entre Israel e Hamas e Rússia e Ucrânia, e criticou a conduta israelense em relação à comunidade internacional. “A única coisa que se pode fazer é pedir paz pela imprensa. Mas me parece que Israel tem a primazia de descumprir, ou melhor, de não cumprir nenhuma decisão emanada da direção das Nações Unidas”, disse Lula.

O brasileiro disse que é urgente um cessar-fogo no conflito para permitir ajuda humanitária, e que o Brasil é contrário “à tentativa de deslocamento forçado do povo palestino”.

O Egito é o único país, além de Israel, que faz fronteira com a Faixa de Gaza. Brasileiros repatriados do território palestino foram evacuados da área de conflito passando por terras egípcias. Lula e Al-Sisi tiveram conversas por telefone em 2023, e esse foi o assunto mais recorrente.

To Top