Benefícios

Pedidos do INSS podem ser monitorados de que forma?

previdencia social inss
Fernando Kazuo/ Shutterstock.com

Com a digitalização dos serviços públicos, ficou mais fácil e seguro acompanhar os pedidos feitos ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Aprenda a utilizar as ferramentas disponíveis para gerenciar suas solicitações de forma autônoma e eficaz.

Acompanhamento Online através do Meu INSS

O Meu INSS é a plataforma digital criada para facilitar o acesso dos cidadãos aos serviços da Previdência Social. Disponível tanto no site oficial quanto em aplicativos para Android e iOS, o Meu INSS permite que você faça login com seu CPF e senha cadastrados na plataforma gov.br. Uma vez logado, é possível verificar o status de seus pedidos de benefícios ou outros serviços, como agendamentos e consultas de extratos.

Consultas por Telefone

Para aqueles que preferem ou necessitam de um contato mais direto, ou mesmo para quem enfrenta barreiras de acesso à internet, o INSS oferece atendimento por meio da central telefônica 135. Ligando para este número, você pode obter informações detalhadas sobre o progresso de seus pedidos diretamente com um atendente, garantindo que todas as suas dúvidas sejam esclarecidas.

Benefícios do Acompanhamento Direto

Monitorar pessoalmente os pedidos no INSS não só diminui a necessidade de intermediários, reduzindo o risco de fraudes, como também garante que você esteja sempre informado sobre a necessidade de complementar documentações ou responder a exigências, evitando atrasos ou recebimentos de benefícios abaixo do esperado.

Segurança e Privacidade

É crucial que todas as interações com o INSS sejam feitas por meio de canais oficiais para garantir a proteção dos seus dados. Lembre-se de que o INSS não realiza atendimentos via WhatsApp e que todas as comunicações oficiais são realizadas através de canais verificados.

Acessando o Meu INSS

Para começar a usar o Meu INSS, basta acessar o site gov.br/meuinss ou baixar o aplicativo em seu celular. O cadastro é simples e, uma vez criada sua conta, você terá acesso a mais de 90 serviços oferecidos pelo INSS, tudo sem precisar sair de casa.

Com essas ferramentas, ficou mais fácil gerenciar suas solicitações ao INSS, garantindo que você maximize suas chances de obter rapidamente os benefícios aos quais tem direito.

Confira como é a nova prova de vida no INSS

prova de vida anual do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é obrigatória. No entanto, desde janeiro do ano passado, cabe ao INSS comprovar que o beneficiário está vivo. Para isso, recebe dados de outros órgãos públicos federais, preferencialmente biométricas, para realizar cruzamento de dados de cidadãos e cidadãs. Essas informações são cruzadas com outras que constam na base do governo.

Uma portaria publicada pelo Ministério da Previdência Social no último dia 8, decidiu que até 31 de dezembro de 2024 a falta de comprovação da prova de vida dos beneficiários do INSS não vai acarretar no bloqueio ou suspensão do benefício.

Além da orientação para o não bloqueio dos benefícios sem prova de vida até o final desse prazo, a portaria muda o período da contagem de 10 meses para a comprovação. Ou seja, ao invés de a contagem valer a partir da data de aniversário do segurado, ela agora começa da data da última atualização do benefício ou mesmo da última prova de vida.

É importante lembrar que, para comprovar a vida, não é preciso ir até o banco ou a uma agência do INSS. O segurado que preferir pode fazer a comprovação de vida pelo aplicativo Meu INSS. 

Dados da folha de pagamento de fevereiro deste ano apontam que atualmente 39.504.571 benefícios são pagos pelo INSS. Desse total, 23.113.768 são aposentadorias, 1.999.771 são auxílios, 5.864.393 são benefícios assistenciais, 8.440.102 são pensões por morte e 86.537 são outros benefícios do Regime Geral de Previdência Social (RGPS).

To Top