Benefícios

Auxílio-Doença do INSS com mudanças

Previdencia social seguro inss aposentadoria
Foto: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil

A partir de 2025, o auxílio-doença, agora conhecido como Benefício por Incapacidade Temporária, continuará sendo um apoio essencial para trabalhadores brasileiros impossibilitados temporariamente de exercer suas atividades laborais. Este benefício, administrado pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), abrange tanto trabalhadores autônomos quanto empregados com carteira assinada, e o valor pago varia de acordo com as contribuições previdenciárias realizadas.

Alterações e Impactos do Benefício

O programa sofreu alterações significativas após a reforma da Previdência em 2019, com o objetivo de deixar claro que o pagamento é feito por um período determinado, até que a capacidade do trabalhador seja restabelecida. Entender o processo e os critérios para se qualificar para esse benefício é fundamental para garantir os direitos dos trabalhadores durante o período de recuperação.

Quem Tem Direito ao Auxílio-Doença em 2025?

Para se qualificar ao auxílio-doença em 2025, os segurados precisam comprovar incapacidade para o trabalho por meio de perícia médica e cumprir um período de carência de 12 meses de contribuição previdenciária. Não há um número mínimo ou máximo de parcelas estipulado, pois a duração do benefício é determinada pela avaliação periódica da condição de saúde do beneficiário.

Cálculo do Valor do Auxílio-Doença em 2025

O valor pago aos beneficiários é calculado com base nos salários sobre os quais as contribuições foram realizadas. Especificamente, o benefício corresponde a 91% do salário de contribuição, calculado a partir da média dos salários do trabalhador. Para o microempreendedor individual (MEI) e o contribuinte facultativo, o valor do benefício é de um salário mínimo.

Como Solicitar o Auxílio-Doença?

O processo de solicitação do auxílio-doença é feito através do portal ou aplicativo “Meu INSS”. Veja os passos a seguir:

  1. Acesse o portal ou aplicativo “Meu INSS”:
    • Realize o login utilizando suas credenciais do sistema Gov.br.
  2. Busca pela opção de Auxílio-Doença:
    • Verifique se atende aos critérios para recebimento do benefício.
  3. Preencha o formulário de solicitação:
    • Anexe os documentos necessários.
  4. Agende sua perícia médica:
    • Comprove sua incapacidade para o trabalho.
  5. Aguarde o resultado da perícia:
    • Geralmente divulgado em até um dia útil.

A espera pelo auxílio-doença deve durar cerca de 45 dias, prazo necessário para a organização e processamento da solicitação pelo INSS.

Documentação Necessária para o Pedido de Auxílio

Para evitar atrasos ou negações, é crucial apresentar toda a documentação necessária, que geralmente inclui:

  • CPF
  • Carteira de Trabalho
  • Atestados médicos ou Comunicado por Acidente de Trabalho (CAT)
  • Endereço completo
  • Provas da condição de incapacidade

Dependendo do atestado médico apresentado, as avaliações podem ser realizadas documentalmente.

Considerações Finais

Compreender os detalhes do auxílio-doença em 2025 é fundamental para garantir assistência adequada durante períodos de saúde debilitada. Embora as especificações e processos possam parecer complexos, conhecer como navegar no sistema do INSS é o primeiro passo para proteger seus direitos como trabalhador.

Solicitar Benefício por Incapacidade Temporária (Auxílio-doença)

Serviço para pedir benefício para a pessoa que comprove, por meio de perícia médica, por mais de 15 dias seguidos, estar incapaz para o trabalho ou atividade habitual de forma temporária.

Importante! Durante a perícia médica será avaliado o benefício devido, temporário (auxílio-doença) ou permanente (aposentadoria por invalidez).

Este pedido é iniciado totalmente pela internet, você não precisa ir ao INSS. Durante a análise, você poderá ser chamado para perícia médica.

To Top