Benefícios

Como posso obter benefícios do INSS sem contribuições?

Prédio do INSS previdencia social e aposentadoria
Foto: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil

Muitos brasileiros questionam se é possível obter a aposentadoria por invalidez sem nunca ter contribuído ao INSS. Este artigo esclarece essa dúvida e apresenta alternativas para aqueles que não possuem contribuições previdenciárias.

O que é a Aposentadoria por Invalidez?

A aposentadoria por invalidez, agora chamada de “aposentadoria por incapacidade permanente”, é um benefício destinado aos segurados do INSS que, devido a doença ou acidente, são considerados incapazes de exercer qualquer atividade laboral de forma definitiva. Este benefício está previsto no artigo 42 da Lei 8.213/91.

Requisitos para a Concessão da Aposentadoria por Invalidez

Para ter direito a este benefício, é necessário cumprir os seguintes requisitos:

  • Qualidade de Segurado: Estar contribuindo para o INSS ou estar dentro do período de graça (período em que o segurado mantém a qualidade de segurado mesmo sem contribuir).
  • Carência de 12 Contribuições Mensais: Exceto em casos de acidentes de qualquer natureza ou doenças graves listadas na legislação.
  • Incapacidade Total e Permanente: Comprovada por laudo médico pericial.

É Possível Aposentadoria por Invalidez sem Contribuições?

Não, a aposentadoria por invalidez é um benefício contributivo, o que significa que é necessário ter realizado contribuições ao INSS. A falta de qualidade de segurado, seja por nunca ter contribuído ou por ter deixado de contribuir, impede a concessão deste benefício.

Alternativa: Benefício de Prestação Continuada (BPC/LOAS)

Para aqueles que não têm contribuições previdenciárias, existe uma alternativa: o Benefício de Prestação Continuada (BPC), popularmente conhecido como LOAS. Este benefício assistencial não exige contribuições prévias e é destinado a pessoas com deficiência ou idosos em situação de vulnerabilidade social.

Requisitos para o BPC

Para ter direito ao BPC, é necessário:

  • Comprovar Deficiência ou Ser Idoso: Ter 65 anos ou mais.
  • Demonstrar Situação de Vulnerabilidade: A renda per capita da família deve ser inferior a ¼ do salário mínimo. Este critério pode ser flexibilizado com base em outros fatores que comprovem a situação de vulnerabilidade.

Procedimentos para Solicitação

Aposentadoria por Invalidez

  1. Agendamento de Perícia Médica: Pode ser feito pelo portal Meu INSS ou pelo telefone 135.
  2. Documentação: Apresentar laudos médicos, exames e relatórios que comprovem a incapacidade.
  3. Realização da Perícia: Comparecer na data agendada com todos os documentos necessários.

Benefício de Prestação Continuada (BPC)

  1. Cadastro no Cadastro Único: Realizar o cadastro no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.
  2. Solicitação pelo Meu INSS: Fazer o pedido online ou pelo telefone 135.
  3. Documentação: Apresentar documentos de identificação, comprovantes de renda e laudos médicos (para pessoas com deficiência).

A aposentadoria por invalidez sem contribuições ao INSS não é possível, pois trata-se de um benefício contributivo. No entanto, o BPC é uma alternativa viável para aqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade e não possuem contribuições previdenciárias. É importante que os interessados se informem e sigam os procedimentos corretos para garantir seus direitos.

Saiba tudo sobre o Meu INSS

O Meu INSS é uma ferramenta criada para dar maior facilidade à vida do cidadão. Pode ser acessada pela internet do seu computador ou pelo seu próprio telefone celular (Android e IOS).

Para conhecer, digite o endereço gov.br/meuinss ou instale o aplicativo Meu INSS no seu celular, e tenha acesso a mais de 90 serviços oferecidos pelo INSS, sem sair de casa.

É a Agência da Previdência Social na palma da sua mão!

Para utilizar esses serviços é necessário se cadastrar e obter senha, no próprio site ou aplicativo.Meu INSS

CADASTRE-SE!

 Para usar o Meu INSS, você deve ter uma conta ativa no gov.br

Com um único usuário e senha, você pode utilizar todos os serviços públicos digitais que também estejam no gov.br.

Para fazer o cadastro é preciso CPF, nome completo, data de nascimento e responder algumas perguntas do seu cadastro junto ao INSS. 

To Top