Benefícios

11 programas oferecidos no Cadastro Único e a documentação necessária

Cadastro Unico
JERO SenneG's/Shutterstock.com

11 programas oferecidos no Cadastro Único e a documentação necessária O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, conhecido como CadÚnico, foi criado para registrar informações de famílias de baixa renda em todo o país. Esse registro é fundamental para que essas famílias tenham acesso a diversos benefícios e auxílios, como redução da taxa de energia elétrica, água, Bolsa Família, entre outros. No entanto, para garantir esses benefícios, é imprescindível manter os dados sempre atualizados.

Importância da Atualização do CadÚnico

Os dados do CadÚnico são utilizados não apenas pelo governo federal, mas também por prefeituras e governos estaduais. Isso permite a inclusão das famílias em programas sociais, distribuição de renda, auxílios e até benefícios previdenciários.

Benefícios Garantidos pelo CadÚnico
  1. Tarifa Social de Água e Esgoto
  2. Programa Bolsa Família
  3. Benefício de Prestação Continuada (BPC)
  4. Isenção de Taxas em Concursos Públicos
  5. ID Jovem (meia-entrada)
  6. Carteira do Idoso
  7. Programa Minha Casa Minha Vida
  8. Pé-de-Meia
  9. Carteira da Pessoa Idosa
  10. Vale-Gás
  11. Tarifa Social de Energia Elétrica

Requisitos e Documentos Necessários

Apenas famílias com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa podem se cadastrar no CadÚnico. Para calcular a renda per capita, some o valor recebido por todas as pessoas que moram na mesma residência e divida pela quantidade de moradores.

Pessoas que moram sozinhas também podem se cadastrar, e o governo está atualmente focando em levantar dados desse grupo devido a irregularidades identificadas no ano passado. O sistema requer um representante familiar, geralmente um dos pais, que será responsável pela atualização cadastral.

Documentos Necessários
  • Para o Responsável Familiar:
    • Documento de identificação com foto (RG, nova Carteira de Identidade Nacional, Carteira de Trabalho)
    • CPF
    • Comprovante de residência
  • Para os Demais Membros da Família:
    • CPF
    • Certidão de nascimento ou casamento
    • Carteira de identidade
    • Carteira de trabalho
    • Título de eleitor

Como Atualizar o CadÚnico

O governo orienta que os dados sejam atualizados, no máximo, a cada dois anos. A atualização pode ser feita pela internet, através do aplicativo CadÚnico, se não houver alteração nos dados. Em caso de mudanças na renda, composição familiar, endereço ou outros detalhes, a atualização deve ser feita presencialmente em uma unidade do CRAS.

Passos para Atualização Virtual:
  1. Acesse o aplicativo CadÚnico.
  2. Faça login usando sua conta Gov.br.
  3. Clique em “Consulta Simples”.
  4. Preencha os campos com seus dados de identificação.

O sistema exibirá uma tag com cores que definem a situação do seu cadastro:

  • Verde: Cadastro atualizado.
  • Amarela: Cadastro prestes a ficar desatualizado.
  • Vermelha: Cadastro desatualizado.

Consulta ao CadÚnico

Para saber se você precisa atualizar os dados, siga os passos abaixo:

  1. Acesse o aplicativo CadÚnico.
  2. Faça login usando sua conta Gov.br.
  3. Clique em “Consulta Simples”.
  4. Preencha os campos com seus dados de identificação.

A partir disso, o sistema indicará a situação do seu cadastro com as cores mencionadas acima.

Manter o CadÚnico atualizado é essencial para garantir a continuidade dos benefícios e auxílios oferecidos pelo governo. Este processo não apenas facilita o acesso a diversos programas sociais, mas também assegura que as informações das famílias estejam corretas e completas, permitindo uma melhor gestão e distribuição dos recursos públicos.

To Top