Benefícios

Fazenda de SP confirma parcelamento do IPVA 2019 no cartão de crédito

detran cnh multas concurso trânsito carro estrada

Fazenda de SP confirma parcelamento do IPVA 2019 no cartão de crédito. A Secretaria da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo confirmou, por meio de nota, convênio com empresas do mercado financeiro para permitir o parcelamento do Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2019 por meio do cartão de crédito. A notícia foi antecipada nesta quarta-feira, 9. pela Coluna do Broadcast.

Duas empresas foram selecionadas para fazer a operação de pagamento, segundo a Secretaria da Fazenda e Planejamento. Embora não divulgue os escolhidos, uma delas seria, conforme antecipou a Coluna do Broadcast, a fintech Taki, de meios de pagamentos.

Além do IPVA também será possível fazer o pagamento do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT) e o Licenciamento. De acordo com a Secretaria, essa forma de pagamento é válida apenas para os débitos não inscritos na dívida ativa, ou seja, para o calendário deste ano, e já começa a valer a partir desta quinta-feira, dia 10.

A medida foi possível por conta da resolução SF130/18, publicada na edição do dia 17 de dezembro de 2018 do Diário Oficial do Estado. As empresas credenciadas emitem dois comprovantes: o da transação do crédito e da quitação do débito.

Os valores pagos ao correspondente bancário são repassados ao governo do Estado de forma imediata, e sem qualquer desconto ou encargo. No ano passado, a arrecadação com o IPVA foi de cerca de R$ 8 bilhões. As empresas credenciadas terão, conforme a Secretaria, autonomia para definir o número de parcelas e o valor dos juros que será cobrado dos contribuintes. Antes, só era possível o parcelamento em até três prestações.

No caso da Taki, os juros serão em média de 2,60% ao mês. Habilitada pela Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, a empresa é uma subadquirente, plugada nas adquirentes Global Payments, Adiq, do B2S (ex-Bonsucesso), e PagSeguro, do Uol.

O objetivo do Governo de São Paulo é estender o projeto para o pagamento de tributos diversos em todo o Estado. Cogita-se até mesmo munir policiais militares das chamadas maquininhas de cartão para que os motoristas em dívida com o governo possam quitar seus débitos sem que tenham seus veículos rebocados no caso de atraso de pagamentos. Procurado pela reportagem, o governo não comentou.

Aline Bronzati
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

To Top