29 pessoas morrem em menos de 13h nos ataques em Ohio e Texas nos EUA

29 pessoas morrem em menos de 13h nos ataques em Ohio e Texas nos EUA
29 pessoas morrem em menos de 13h nos ataques em Ohio e Texas nos EUA (reuters)

Escrito por Luis Henrique Costa. Massacres já deixaram 29 pessoas assassinadas em cidades americanas no intervalo de 13h.

Em vigília na cidade El Paso, no Texas, em homenagem aos 20 mortos do ataque a tiros realizado no sábado (3), em um Walmart, um novo ataque acontecia em Dayton, em Ohio.

Um outro atirador matou 9 pessoas e feriu outras 27 na madrugada deste domingo (4), no bairro de Oregon. Segundo a prefeita de Dayton, Nan Whaley, um homem branco identificado como Connor Betts, 24, de Bellbrook, estava de colete à prova de balas e carregava um rifle potente e munição reserva. Ele atirou em pessoas com idades entre 22 e 57 anos no meio da rua.

“O atirador tentou entrar no bar, mas não conseguiu passar da porta”, disse James Wilson, que estava perto do local e postou na rede social. “Alguém tomou a arma dele e então ele foi baleado [pela polícia] e morreu.”

Os assassinatos em Ohio somam-se a outras 20 do ataque realizado em El Paso no dia anterior, totalizando 29 mortes e 53 feridos em menos de 24 horas.


Desde 1982, 114 massacres com uso de armas ocorreram nos Estados Unidos. Locais de trabalho, escolas e igrejas se acostumaram a testemunhar massacres que, na última década, cresceram em números.

Segundo levantamento realizado pela revista americana Mother Jones, que exclui assaltos e confrontos entre gangues e só considera ataques em lugares públicos com quatro ou mais vítimas, entre 2010 e 2019 ocorreram 63 ataques a tiros nos EUA, mais que o triplo da década anterior –20 episódios, que geraram 171 mortes no total. A qualquer momento podemos trazer mais informações dos ocorridos.