Bombeiros comemoram salvamento na comunidade da Muzema, no Rio
Benefícios

Bombeiros comemoram salvamento na comunidade da Muzema, no Rio

Os bombeiros trabalham desde cedo no resgate das vítimas e tiveram dificuldades para acessar o local. Itens como água, oxigênio e até um gerador tiveram que ser levados para o local do acidente pelos militares e com a ajuda dos moradores. Antes da chegada do Corpo de Bombeiros, moradores se esforçavam na missão de encontrar sobreviventes entre os escombros.

REUTERS/Ricardo Moraes – 12.4.2019

Bombeiros comemoram salvamento na comunidade da Muzema, no Rio. Equipe resgatou um homem do desabamento de dois prédios no condomínio localizado na zona oeste da capital fluminense. Duas pessoas morreram. O resgate de um homem com vida dos escombros de um dos prédios que desabaram na comunidade do Muzema, na zona oeste do Rio de Janeiro, na manhã desta sexta-feira (12), emocionou equipes do Corpo de Bombeiros que trabalhavam na busca por desaparecidos e vítimas da tragédia.

Leia mais: Prédios que desabaram em Muzema são irregulares, diz Prefeitura do Rio

O homem, que ainda não teve a identidade revelada, foi colocado em uma maca e transportado de helicóptero para um hospital da cidade. Outra pessoa já havia sido resgatada  pelos próprios moradores.

O Corpo de Bombeiros foi chamado às 6h48 para um desabamento em edificação. Duas equipes de resgate chegaram no local por volta das 7h20 e isolaram a área.

A zona oeste carioca foi uma das mais prejudicadas pelas fortes chuvas que atingiram o Rio de Janeiro na última segunda-feira (8). Moradores da região contabilizam prejuízos pelos temporais.

Muros desabaram e ruas ficaram interditadas na região de Jacarepaguá, mesmo local onde houve o desabamento desta sexta-feira.

Os bombeiros trabalham desde cedo no resgate das vítimas e tiveram dificuldades para acessar o local. Itens como água, oxigênio e até um gerador tiveram que ser levados para o local do acidente pelos militares e com a ajuda dos moradores.

Antes da chegada do Corpo de Bombeiros, moradores se esforçavam na missão de encontrar sobreviventes entre os escombros.

To Top