INSS: 60 mil beneficiários podem receber valores atrasados
Benefícios

INSS: 60 mil beneficiários podem receber valores atrasados

0850195f b095 4056 92a3 532b148b255b

INSS: 60 mil beneficiários podem receber valores atrasados. O CJF (Conselho da Justiça Federal) liberou aos TRFs (tribunais regionais federais) mais de R$ 784 milhões para pagar RPVs (Requisições de Pequeno Valor) a 60.564 segurados de todo o país, que derrotaram o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) em 50.117 processos judiciais.

As RPVs são os atrasados de até 60 salários mínimos, neste caso R$ 59.880 pois foram calculados pelo piso de R$ 998, pagos a quem ganhou ações de concessão ou revisão de aposentadoria, pensões e auxílios.

Para estar neste lote, a data de liberação da RPV deve ter ocorrido entre 1º e 31 de dezembro. A consulta é feita no próprio atrasado, no campo “Data protocolo”.

Os segurados de São Paulo e Mato Grosso do Sul vão receber mais de R$ 149 milhões em RPVs, pagas para 8.811 beneficiários, que venceram 7.692 processos contra o INSS. Neste caso, os valores são repassados pelo TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região).

Em nota, o tribunal informou que estima processar todos os pagamentos até o final da semana que vem.

O processamento é a última etapa antes de o segurado receber a bolada a que tem direito. Nele, o tribunal abre contas no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal. A grana pode ser retirada pelo próprio beneficiário ou pelo advogado.

O próximo lote a ser liberado, com as RPVs emitidas em janeiro, já deverá considerar o salário mínimo de R$ 1.039. Por isso, incluirá ações de até R$ 62.340.

Segundo o CJF, cabe aos tribunais federais, seguindo seus cronogramas próprios, o depósito dos recursos financeiros liberados.

Para saber o dia em que os valores serão efetivamente liberados para saque, é preciso consultar a RPV em questão, no site do tribunal regional federal responsável pela ação.

O segurado de São Paulo e Mato Grosso do Sul pode fazer a consulta em www.trf3.jus.br. É preciso informar ou número do CPF ou da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) do advogado.

O segurado pode ainda consultar diretamente o seu defensor para saber sobre o andamento de seu processo na Justiça.

Os atrasados acima de 60 salários mínimos são pagos apenas uma vez por ano. Neste ano, vão receber os segurados com precatórios do INSS autuados entre os dias 2 de julho de 2018 e 1º de julho de 2019.

To Top