Putin conclama russos contra o coronavírus invocando invasores medievais
Europe

Putin conclama russos contra o coronavírus invocando invasores medievais

portalmixvaleultimasnoticias1200 (1)

Por Alexander Marrow

MOSCOU (Reuters) – O presidente da Rússia, Vladimir Putin, comparou a luta do país contra o novo coronavírus nesta quarta-feira às batalhas contra invasores medievais e disse que as próximas semanas serão decisivas.

Em uma reunião televisionada com líderes regionais e o governo, Putin delineou novas medidas para apoiar as empresas e os trabalhadores, incluindo isenções tributárias a pequenas e médias companhias e mais apoio aos desempregados.

Putin, que disse querer que a economia continue funcionando apesar do vírus, falava depois de dados oficiais atualizados mostrarem um aumento recorde no número de casos relatados, que chegaram a 8.672, enquanto as mortes aumentaram em cinco e somam 63.

“As próximas duas, três semanas serão decisivas para como a situação se desenvolve. É um período que exigirá a concentração absoluta de nossos recursos e a observância mais severa das recomendações dos médicos e das medidas preventivas”, disse Putin.

Ele deu grande liberdade para os governadores regionais adaptarem medidas de emergência para seus próprios territórios. O prefeito de Moscou, Sergei Sobyanin, assumiu um papel de destaque, já que a capital tem mais casos do que qualquer outra parte do país.

“Não podemos parar a economia, interromper o tráfego de cargas e passageiros entre regiões ou limitar maciçamente o trabalho das empresas”, disse Putin.

“Vocês e eu precisamos entender a que tipo de estrago, a que consequências destrutivas isso poderia levar.”

Ele ainda invocou as batalhas dos russos contra invasores turcomanos nômades nos séculos 11 e 12.

(Reportagem adicional de Vladimir Soldatkin e Darya Korsunskaya)

tagreuters.com2020binary_LYNXNPEG370H1-BASEIMAGE

To Top