INSS vai prorrogar auxílio para quem tinha perícia agendada para liberar beneficio
Benefícios

INSS vai prorrogar auxílio para quem tinha perícia agendada para liberar beneficio

INSS Previdência Pente-Fino Revisão Antencipação Salário Social Reforma da Previdência Aposentadoria Benefícios FGTS Bolsa Família Nis CNIS Extrato Banco Governo Pis Pasep Pis-Pasep Aposentado Idoso FGTS Caixa Banco do Cálculo Demora Brasil Maternidade Auxílio-Reclusão Saques Pagamento Vencimento Retiradas Refis MeuINSS Auxílio-Doença Aposentadoria Por Invalidez Contribuição BPC-Loas Pensão por Morte Pensionista Empréstimo MEi Consignado

INSS vai prorrogar auxílio para quem tinha perícia agendada para liberar beneficio. O auxílio-doença será prorrogado automaticamente para segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que recebiam o benefício, pediram a prorrogação do pagamento e estavam aguardando para fazer a perícia médica quando as agências foram fechadas por causa do novo coronavírus. Baixe o Aplicativo Gratuito do Portal Mix Vale

“Quem já fez o pedido de prorrogação e tinha a perícia agendada não precisa se preocupar, pois terá seu benefício prorrogado automaticamente. Porém, destacamos que os benefícios serão renovados até que o atendimento presencial da perícia médica federal volte”, informou o instituto.

O que fazer no INSS quando dá errado(Abre numa nova aba do navegador)

A princípio, as agências do INSS ficam fechadas até 30 de abril. O órgão pode estender esse período, caso a pandemia perdure. Se o trabalhador tem um agendamento a partir de maio e as agências continuarem fechadas, o INSS diz que a prorrogação também será feita automaticamente.

Nos casos em que o trabalhador já teve o auxílio cortado nesse período de pandemia, o INSS informou que o benefício será reativado automaticamente. “As reativações acontecem na folha de pagamento mensal, na competência seguinte da cessação. O valor é o mesmo pago antes da interrupção, considerando o período de 30 dias da data de cessação.”

Pagamento do Auxílio Reclusão INSS: Confira como funciona(Abre numa nova aba do navegador)

A advogada Adriane Bramante, presidente do IBDP (Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário), diz que caso o benefício não seja restabelecido, o segurado pode recorrer no próprio INSS e na Justiça. (UOL)

Pagamento do Bolsa Família não terá cortes durante a quarentena(Abre numa nova aba do navegador)

To Top