Brasil registra recorde de 26.417 casos de coronavírus no dia e tem mais 1.156 mortes
Health

Brasil registra recorde de 26.417 casos de coronavírus no dia e tem mais 1.156 mortes

portalmixvalenoticias

Por Gabriel Araujo

SÃO PAULO (Reuters) – O Brasil registrou nesta quinta-feira um novo recorde diário de casos confirmados de coronavírus, com 26.417 infecções notificadas em 24 horas, o que eleva o total no país para 438.238, informou o Ministério da Saúde.

Em relação ao número de mortes em decorrência da Covid-19, foram relatados 1.156 novos óbitos, com a marca total atingindo 26.754. O número fica levemente abaixo do recorde diário de óbitos, registrado em 21 de maio, de 1.188 óbitos.

A máxima diária anterior para os registros de casos era de 22 de maio, quando foram contabilizadas 20.803 infecções.

O Brasil é o segundo país com maior número de casos de coronavírus no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, que possuem 1.706.230 infecções confirmadas, de acordo com uma contagem da Reuters. Os norte-americanos já superaram a marca de 100 mil mortes em decorrência da doença.

Atualmente o Brasil é o país que registra diariamente o maior número de casos de Covid-19 no mundo, uma vez que os EUA têm visto uma redução neste número. Nesta quinta, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA registrou 19.680 novos casos em 24 horas. Em relação a óbitos, os EUA registraram mais 1.415 nesta quinta-feira.

A divulgação diária dos números da Covid-19 no Brasil pelo Ministério da Saúde não indica que as infecções e óbitos tenham necessariamente ocorrido nas últimas 24 horas, mas sim que os registros foram inseridos no sistema no período.

Pelo segundo dia seguido, o ministério não realizou entrevista coletiva nesta quinta-feira para comentar a crise do coronavírus no país.

De acordo com os número da pasta, São Paulo continua sendo o Estado mais afetado pela doença no Brasil, com 95.865 casos –alta de 6.382 na comparação diária– e 6.980 mortes, avanço de 268 em 24 horas.

Após o governador João Doria (PSDB) anunciar na véspera uma “retomada consciente” da economia em São Paulo, com um afrouxamento gradual do isolamento, o prefeito da capital paulista, Bruno Covas (PSDB), afirmou nesta quinta-feira que a maior cidade do país continua em quarentena e só reabrirá o comércio mediante protocolos de saúde.

Na sequência da contagem por Estados realizada pelo Ministério da Saúde estão o Rio de Janeiro, com 44.886 casos e 4.856 mortes, e o Ceará, que possui 37.821 infecções confirmadas e 2.733 óbitos.

Ainda de acordo com a pasta, 177.604 pacientes se recuperaram da Covid-19 no Brasil, enquanto 233.880 estão em acompanhamento.

A taxa de letalidade da doença no país é de 6,1%.

Veja um gráfico de casos pelo mundo: https://graphics.reuters.com/CHINA-HEALTH-MAP/0100B59S43G/index.html

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG4R2KH-BASEIMAGE

To Top