Auxílio Emergencial tem novos erros no saque
Benefícios

Auxílio Emergencial tem novos erros no saque

nota de dinheiro

Auxílio Emergencial tem novos erros no saque. Iago Neves, de 23 anos, e Jhenifer da Silva, de 20, já tiveram seus auxílios emergenciais de R$ 600 aprovados, dentro da política do governo federal para tentar atenuar a crise causada pelo avanço do novo coronavírus no Brasil. Mas a boa notícia ainda não repercutiu nos bolsos dois, por questões tecnológicas. Há três dias, o casal tenta usar o aplicativo Caixa Tem, para movimentar as poupanças digitais abertas na Caixa Econômica Federal, sem sucesso. Baixe o Aplicativo Gratuito do Portal Mix Vale

Os dois não são os únicos a enfrentar problemas no acesso à ferramenta. Nas redes sociais, muitas reproduções de tela publicadas pelos trabalhadores mostram a mesma mensagem: “Não é possível acessar este site”. O aplicativo é a única forma de movimentação do dinheiro por parte de quem não tinha conta bancária antes. Vale lembrar que o saque em espécie ainda não está liberado para essas pessoas. Será permitido somente a partir do dia 27, de acordo com o mês de aniversário do cidadão.

Covid-19: Saiba o que é #FATO ou #FAKE sobre o novo vírus(Abre numa nova aba do navegador)

— Meu dinheiro já está na conta do Caixa Tem, mas eu não consigo abrir o aplicativo de jeito algum. Consegui apenas de madrugada, às 4h, mas não me permitiu a transferência do dinheiro — contou Iago.

O jovem era entregador de uma pizzaria perto de casa, em São Bento, Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, mas desde o fechamento do estabelecimento, por conta da pandemia, deixou de receber sua remuneração. Sua mulher era atendente no mesmo restaurante e está na mesma situação. Os dois não tinham as carteiras de trabalho assinadas. E precisam sustentar uma filha pequena, de 4 anos.

— A pizzaria já está há um mês e meio sem abrir, e estamos sem receber. A gente guardava dinheiro, mas acabou. Para pagar o próximo aluguel (de R$ 350), eu tenho que rezar por esse auxílio — disse Iago.

O designer gráfico autônomo Gabriel Munarolo, de 18 anos, teve o seu auxílio emergencial aprovado na última segunda-feira (dia 20). Desde então, está tentando acessar o aplicativo, sem sucesso.

Cadastro Único e CPF regular para ganhar o Auxílio Doença(Abre numa nova aba do navegador)

— Eu fiz o cadastro (no aplicativo da Caixa) no dia 7 de abril. Fui aprovado no dia 20 e, desde então, estou tentando acessar o aplicativo Caixa Tem, que não funciona — contou.

O jovem chegou a ir a uma agência da Caixa na cidade de Amparo, interior de São Paulo, onde mora, mas foi informado de que tudo tinha que ser feito pelo aplicativo Caixa Tem. Gabriel contou que está preocupado, pois está sem novos clientes e tem contas para pagar.

— Está bem apertado em casa. Tenho algumas contas para pagar e estava dependendo do auxílio emergencial para resolver essa questão. Ultimamente, ando sem clientes por conta da pandemia do coronavírus. Então, estou quase sem trabalho no momento — declarou.

Caixa não dá explicações

Procurada pelo EXTRA, a Caixa Econômica Federal não se manifestou sobre os problemas no aplicativo Caixa Tem nem informou que melhorias estão sendo feitas na ferramenta. Nas redes sociais, o banco comunicou ao longo da semana que fez atualizações na plataforma. Os usuários, no entanto, continuam reclamando de falta de acesso.

Alguns internautas relatam nas redes sociais que a única forma de conseguir acessar o aplicativo é de madrugada ou nas primeiras horas da manhã.

Dataprev libera mais 7 milhões de análises para novos auxílios(Abre numa nova aba do navegador)

To Top