Como conseguir mais pagamento no INSS
Benefícios

Como conseguir mais pagamento no INSS

INSS Previdência Social Reforma da Previdência Aposentadoria Benefícios FGTS Bolsa Família Nis CNIS Extrato Banco Governo Aposentado Idoso FGTS Caixa Banco do Cálculo Demora Brasil Maternidade Auxílio-Reclusão Saques Pagamento Vencimento Retiradas Refis MeuINSS Auxílio-Doença Aposentadoria Por Invalidez Contribuição BPC-Loas Pensão por Morte Pensionista Empréstimo Consignado

Como conseguir mais pagamento no INSS. Entre os quase 2 milhões de segurados na fila do INSS, muitos são aposentados e pensionistas aguardando a revisão do seu benefício. O INSS não informa o total destes requerimentos nem o tempo médio de espera para a análise de uma revisão administrativa. Baixe o Aplicativo Gratuito do Portal Mix Vale

Porém, ao pedir uma revisão, o aposentado tem o direito de receber uma resposta no prazo de 45 a 60 dias. Os 45 dias são o limite que o próprio INSS informa ao segurado na hora que ele faz uma solicitação. Já os 60 dias correspondem ao prazo inicial de 30 dias, prorrogáveis por mais 30, conforme estabelece a legislação.1 6

Revisão da Vida Toda: Entenda como funciona no INSS

Revisões na aposentadoria

O aposentado que desconfia ter sido vítima de um erro no cálculo de seu benefício pode solicitar a correção do valor ao INSS com um pedido administrativo, feito na APS (Agência da Previdência Social), ou com uma ação judicial Robson Ventura/Folhapress

Para entrar com um pedido de revisão, tanto administrativa quanto na Justiça, é preciso obedecer a algumas regras, a principal é respeitar o limite de dez anos fixado em lei para contestar o benefício. O prazo começa a contar a partir do primeiro dia do mês seguinte ao do recebimento do primeiro benefício.

Quem identifica um erro de cálculo na média salarial ou a falta de um período contributivo dentro da decadência pode pedir a revisão do benefício pelo site Meu INSS. O segurado deve anexar seus documentos pessoais e explicar, claramente, porque o benefício deve ser revisto. Junto ao pedido, é necessário incluir os novos documentos que comprovem o direito que está sendo requerido.

Alertas sobre fila no INSS para análise de pedidos

Segundo o INSS, o segurado será previamente comunicado nos casos em que for indispensável o comparecimento em uma de suas agências para comprovar alguma informação.

A solicitação deve ocorrer quando há certeza de que um direito não foi reconhecido e quando há novos documentos para apresentar ao instituto.

Se o INSS reconhecer erro a favor do segurado, serão pagas as diferenças de até cinco anos antes do pedido da revisão, com correção monetária.

Por que enfrentar a fila do INSS por uma revisão

  • Aposentados e pensionistas têm até dez anos para pedir uma revisão do seu benefício
  • O prazo começa a contar a partir do primeiro dia do mês seguinte ao do recebimento do primeiro benefício
  • Ou seja, quem começou a receber a aposentadoria em janeiro de 2010, por exemplo, tem até, no máximo, fevereiro de 2020 para formalizar o pedido de revisão

Vantagens

  • A maior vantagem de pedir a revisão no INSS é que não custa nada. O segurado só precisa apresentar a solicitação, sem a obrigação de contratar um advogado
  • O pedido é feito pelo site meu.inss.gov.br ou pelo telefone 135. É preciso apresentar documentos que comprovem o direito
  • Se o pedido administrativo não tiver resposta dentro do prazo, o segurado pode ir à Justiça

Prazos

  • Caso não concorde com a decisão do INSS, o trabalhador pode recorrer no próprio instituto
  • O prazo para apresentar o recurso é de até 30 dias após a negativa do INSS
  • É indicado que o segurado escreva uma carta de contestação da decisão do INSS, apresentando seus motivos com clareza
  • É possível também entrar com o recurso na Justiça

Tenha certeza do pedido!

  • Ao pedir a revisão, todo benefício será revisto, por isso é necessário ter documentos que comprovem o direito
  • Se o INSS entender que a concessão foi indevida ou algum período entrou a mais, por exemplo, a renda pode diminuir ou o benefício pode até ser cancelado

Pagamento dos atrasados

  • Se for comprovado que houve erro, o INSS tem que implantar o benefício maior e pagar os atrasados
  • Esses valores são as diferenças entre a data de concessão da aposentadoria que estava errada e a do novo benefício, com correção
  • O segurado tem direito à correção monetária do valor. Na Justiça, há ainda o pagamento de juros
  • Os atrasados são limitados a até cinco anos antes do pedido de revisão

Extrato previdenciário: Veja como ter acesso ao CNIS

To Top