Informações do meu CNIS estão erradas: Como corrigir?
Benefícios

Informações do meu CNIS estão erradas: Como corrigir?

CNIS

Informações do meu CNIS estão erradas: Como corrigir? Quem está pensando em se aposentar tem que começar a organizar a papelada pelo menos três anos antes, orienta o especialista em Previdência, Hilário Bocchi Júnior.

Este é o tempo que normalmente se leva para arrumar situações que estão pendentes e que podem atrasar a análise do processo de aposentadoria, ou seja, tirar dinheiro do bolso do trabalhador.

O CNIS pode estar errado

A aposentadoria é reflexo do banco de dados do INSS: o CNIS, que é o Cadastro Nacional de Informações Sociais. Se as informações estiverem erradas, o benefício pode ser negado ou aprovado com valor menor.

Segundo Bocchi Júnior, o trabalhador já aprendeu que ele deve começar a planejar sua aposentadoria com base no CNIS, mas as informações que estão neste extrato podem ser alteradas pela Previdência, e isso gera insegurança.

Calculadora do INSS de Aposentadoria volta a ser exibida(Abre numa nova aba do navegador)

“No rodapé deste documento, a Previdência deixa isso claro: ‘o INSS poderá rever a qualquer tempo as informações constantes deste extrato'”, diz.

Simulação de aposentadoria no site

Outro caminho a ser seguido é a simulação do tempo de serviço na calculadora do INSS.

Neste aplicativo, o segurado também não vai ter a segurança que ele procura, porque nesta simulação de tempo de serviço, a Previdência coloca a seguinte mensagem: “Ao solicitar o benefício, o INSS pode pedir que você apresente documentos para comprovação dos períodos trabalhados/contribuídos”.

Dicas no INSS para ter a Aposentadoria especial(Abre numa nova aba do navegador)

Seis dicas para quem não quer errar na hora da aposentadoria

  1. Comece pegando o CNIS no site do INSS.
  2. Verifique os erros e corrija o CNIS. A Previdência pode alterar este extrato, você também pode.
  3. Faça uma simulação do tempo de serviço para responder a duas perguntas: “quando eu vou me aposentar”? e “quais são as regras de transição que podem me beneficiar”?
  4. Confira os salários que entrarão no cálculo do benefício (de julho/1994 até o dia da aposentadoria) e veja se eles estão certos, senão sua aposentadoria vai ser calculada errada.
  5. Defina o dia certo para se aposentar para não perder nenhuma vantagem.
  6. Defina como e quanto irá pagar de contribuição até chegar o dia certo da aposentadoria.

Especialista em Previdência Social – Hilário Bocchi Junior

Rua Amador Bueno, 774 | 14010-070 | Centro | Ribeirão Preto/SP –
Cortesia da empresa de Educação Previdenciária Aposentfácil.
www.aposentfacil.com.br

Facilidades e atendimentos do MEU INSS(Abre numa nova aba do navegador)

To Top