Preços do petróleo recuam com avanço do coronavírus gerando preocupação sobre demanda

.

Por Jessica Jaganathan e Dmitry Zhdannikov

CINGAPURA/LONDRES (Reuters) – Os preços do petróleo operavam em leve queda nesta quarta-feira, pressionados por crescentes preocupações de que a recuperação na demanda por combustíveis seja paralisada pelo avanço dos casos de coronavírus pelo mundo.

O petróleo Brent recuava 0,06 dólar, ou 0,14%, a 42,39 dólares por barril, às 8:38 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos caía 0,12 dólar, ou 0,3%, a 40,08 dólares por barril.

“Há um risco de que a recuperação da demanda seja travada pelo recente aumento dos casos de Covid-19 em muitos países”, disse a Agência Internacional de Energia nesta quarta-feira.

“O longo prazo oferece pouco incentivo aos produtores; a curva mostra preços não atingindo 50 dólares por barril até 2023. Na verdade, aqueles que pretendem trazer o mercado para um aperto maior (na oferta) estão tentando acertar um alvo em movimento”.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) reduziu sua projeção de demanda por petróleo na terça-feira, citando impactos econômicos do vírus.

“Os preços do petróleo estão parecendo muito frágeis uma vez que o coronavírus continua a se espalha como fogo pela Europa e tem tendência de alta nos EUA”, disse o analista da Oanda, Edward Moya.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG9D1I3-BASEIMAGE