Preços do petróleo tocam maior nível desde fevereiro com queda em estoques nos EUA
Agro

Preços do petróleo tocam maior nível desde fevereiro com queda em estoques nos EUA

Por Noah Browning

LONDRES (Reuters) – Os preços do petróleo tocaram o maior nível desde o final de fevereiro nesta quinta-feira, após uma queda nos estoques nos Estados Unidos, que somou-se a uma decisão unilateral da Arábia Saudita de cortar sua produção, anunciada anteriormente.

O petróleo Brent recuava 0,11 dólar, ou 0,2%, a 54,19 dólares por barril, às 8:34 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos avançava 0,13 dólar, ou 0,26%, a 50,76 dólares por barril.

Mais cedo, o Brent tocou 54,90 dólares por barril, nível não visto desde antes dos primeiros lockdowns contra a Covid-19 no Ocidente. O petróleo nos EUA chegou a tocar 51,28 dólares por barril.

A invasão na quarta-feira do Capitólio dos Estados Unidos por apoiadores do presidente norte-americano Donald Trump parece ter tido pouco impacto sobre o mercado, enquanto uma leve alta nas ações pelo mundo sugere que investidores acreditam que o presidente eleito Joe Biden terá poderes para gastar mais.

Já os estoques de petróleo nos EUA recuaram em 8 milhões de barris na semana até 1° de janeiro, para 485,5 milhões, contra previsão de analistas em pesquisa da Reuters de queda de 2,1 milhões.

A Arábia Saudita, maior exportador global de petróleo, disse na terça-feira que cortará sua produção voluntariamente em 1 milhão de barris por dia em fevereiro e março, após um encontro nesta semana da Opep+, que reúne membros da Opep e aliados incluindo a Rússia.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH0618J-BASEIMAGE

To Top