S&P 500 encerra em máxima recorde com diminuição de preocupações com a inflação
Business

S&P 500 encerra em máxima recorde com diminuição de preocupações com a inflação

S&P 500 encerra em máxima recorde com diminuição de preocupações com a inflação

As ações em Wall Street encerraram mais altas nesta quinta-feira, com o índice S&P 500 superando o patamar recorde de fechamento registrado em 7 de maio, com os dados econômicos parecendo apoiar a afirmação do Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos) de que a atual onda de inflação elevada será temporária.

Todos os três principais índices acionários avançaram, com as ações de empresas de grande capitalização, líderes de mercado, colocando o Nasdaq na frente. Mas os segmentos de transportes, economicamente sensíveis, e “smallcaps” encerraram a sessão em território negativo.

Os dados do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) do Departamento de Trabalho vieram acima do consenso e alimentaram o debate sobre se os picos de preços atuais podem se transformar em inflação de longo prazo, apesar das garantias do Fed em contrário.

Mas um olhar mais atento mostrou que grande parte do aumento de preços veio de itens como commodities e passagens aéreas e, portanto, provavelmente será temporário.

“No início desta semana tivemos dias extremamente enfadonhos para os mercados, pois todos estávamos de olho neste relatório de CPI”, disse Ryan Detrick, estrategista de mercado sênior da LPL Financial em Charlotte, Carolina do Norte. “Mas, uma vez que as pessoas olharam sob a superfície, a maior parte da inflação mais alta se deve à reabertura, e as ações tiveram uma rali de alívio.”

“O mercado está indo bem ao perceber que a economia como um todo não está superaquecendo”, acrescentou Detrick.

Um comitê da Câmara dos Deputados dos EUA aprovou um projeto de lei de gastos com infraestrutura de 547 bilhões de dólares, visando o transporte de superfície, adotando algumas das propostas do presidente do país, Joe Biden, como parte de seu pacote mais amplo de infraestrutura de 2,3 trilhões de dólares.

Ainda assim, os setores que devem se beneficiar dos gastos com infraestrutura encerraram a sessão em baixa. Os segmentos de indústria e transportes caíram 0,5% e 0,7%, respectivamente.

O Dow Jones teve oscilação positiva de 0,06%, para 34.466,24 pontos; o S&P 500 ganhou 0,47%, para 4.239,18 pontos, e o Nasdaq adicionou 0,78%, para 14.020,33 pontos.

Entre os 11 principais segmentos do S&P 500, saúde registrou os maiores ganhos percentuais.

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH59173-BASEIMAGE

To Top