Detran: Motofretistas terão acesso a linhas de créditos
Benefícios

Detran: Motofretistas terão acesso a linhas de créditos

Detran viagens

Detran: Motofretistas terão acesso a linhas de créditos Em parceria com o Detran.SP, o Banco do Povo e o Sebrae.SP vão oferecer uma linha de crédito de até R$ 21 mil para os moto entregadores que participarem do Pit Stop do Programa Motofretista Seguro, que será realizado quarta e quinta-feira da semana que vem na Praça Charles Miller, no Pacaembu, das 7 às 17 horas.

A iniciativa dá sequência à rede de proteção lançada pelo Governo do Estado ano passado, durante a Semana Nacional de Trânsito, para dar o devido amparo a uma categoria profissional que tanto tem contribuído com a população durante a pandemia.

As taxas e juros diferenciados para motofretistas são as seguintes:

  • Pessoa jurídica: crédito de até R$ 21 mil para pagamento em até 36 vezes, com 0,35% de juros ao mês + 1% do valor do empréstimo como taxa de manutenção do fundo.
  • Pessoa física: crédito de até R$ 15 mil para pagamento em até 24 vezes, com 1% de juros ao mês + 1% do valor do empréstimo como taxa de manutenção do fundo.

“O objetivo do Detran.SP é oferecer condições melhores de trabalho para os motofretistas. Queremos construir uma ampla rede de proteção para esses profissionais. Nossa meta é atingir em torno de 250 mil motofretistas”, explica Neto Mascellani, presidente do Detran.SP.


Empreenda Rápido

O Sebrae-SP também estará presente no Pit Stop do Programa Motofretista Seguro do Detran.SP com o Sebrae Móvel para sanar as dúvidas dos moto entregadores sobre como se formalizar e tornar sua atividade mais lucrativa. Na tenda do programa “Empreenda Rápido”, que estará ao lado da van, os motofretistas poderão se inscrever nas capacitações gratuitas do Sebrae-SP, realizadas pelo Whatsapp, que darão acesso inclusive a linhas de crédito.

“O Sebrae-SP atua para ajudar os motofretistas. Queremos capacitá-los para que aproveitem as oportunidades que o mercado oferece. Além do conhecimento em gestão, os participantes terão acesso a linhas de crédito com condições diferenciadas e ferramentas para ajudar a alavancar seus negócios”, comenta o diretor-superintendente do Sebrae-SP, Wilson Poit.

A expectativa do Detran.SP é reunir no evento mais de 9 mil motofretistas. O objetivo da iniciativa é justamente ampliar o número de participantes do Motofretista Seguro. Mais de 3 mil profissionais já se inscreveram no programa. Para dar andamento à solicitação de inscrição no programa, basta preencher o cadastro no portal www.motofretistaseguro.sp.gov.br e seguir as orientações.

Durante a pandemia de Covid-19, se verificou aumento no número de motociclistas que atuam em serviços de delivery e outras modalidades de motofretes. Segundo pesquisa da Rede Lucy Montoro, 57% das vítimas de trânsito com sequelas são motociclistas e, hoje, acidentes envolvendo esse modal são quatro vezes superior aos de carros.


Capacete e coletes

Há muitos atrativos para os motociclistas que passarem pelo Pitstop. Além da ajuda financeira em caso de inscrição, os motociclistas que marcarem presença no Pacaembu terão a oportunidade de participar de um quiz sobre comportamento e educação no trânsito e receber prêmios.

Enquanto isso, suas motos podem passar por um check-up da Porto Seguro dos itens básicos de segurança. Coletes refletivos, capacetes e antenas corta pipa serão alguns dos brindes distribuídos. Os participantes que têm motos Honda e Yamaha receberão um voucher para a troca de óleo. A Loggi vai doar 1 mil unidades de mochila térmica para usar dentro do baú para mercadorias de manuseio mais delicado. Já o Ifood participará com a distribuição de brindes.

A carreta do Programa Via Rápida, do Centro Paula Souza, oferecerá também palestras sobre manutenção em motocicletas. A Companhia de Engenharia de Tráfego da Secretaria de Mobilidade e Transportes da cidade de São Paulo dará suporte operacional durante toda a programação do Pitstop. Também serão distribuídos 250 ingressos gratuitos para o Museu do Futebol.

Equipes do Detran.SP e parceiros realizarão interações com os motofretistas, atendimentos de saúde e distribuição de material informativo com o objetivo de aumentar a conscientização sobre a importância de uma condução segura. Por conta da pandemia do coronavírus, todas as abordagens respeitam os protocolos sanitários e o distanciamento social. O evento conta também com o apoio da Sabesp, Fipe, Corpo de Bombeiros, CET e Polícia Militar.

To Top