Anec eleva previsão de exportação de soja do Brasil em setembro; reduz a de milho
Agro

Anec eleva previsão de exportação de soja do Brasil em setembro; reduz a de milho

Anec eleva previsão de exportação de soja do Brasil em setembro; reduz a de milho

A exportação de soja do Brasil deve alcançar 5,04 milhões de toneladas em setembro, ante 4,8 milhões de toneladas na previsão da semana anterior, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira pela Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec).

O volume representa um crescimento de pouco mais de 1 milhão de toneladas na comparação com os embarques de setembro de 2020.

Caso se confirme, o total embarcado de janeiro a setembro atingiria 79,3 milhões de toneladas, versus 82,3 milhões de toneladas em todo o ano passado.

Já a exportação de milho do país foi estimada em cerca de 2,8 milhões de toneladas em setembro, contra 2,92 milhões na previsão da semana anterior.

Em meio a uma produção menor do Brasil este ano, os embarques no mês cairiam em quase 3 milhões de toneladas na comparação anual, deixando as exportações de janeiro a setembro em 12,9 milhões de toneladas, ante mais de 33 milhões de toneladas em todo o ano passado.

A exportação de farelo de soja, por sua vez, foi projetada em 1,71 milhão de toneladas em setembro, aumento de 400 mil toneladas na comparação anual. No acumulado do ano, os embarques já somariam 13 milhões de toneladas, versus 16,8 milhões em todo o ano de 2020.

(Por Ana Mano e Roberto Samora)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH8L0ME-BASEIMAGE

To Top