Com um a menos e pênalti perdido, Bragantino vence Atlético-GO e vai a 3°
Últimas Notícias

Com um a menos e pênalti perdido, Bragantino vence Atlético-GO e vai a 3°

portalmixvalegoogle

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O Red Bull Bragantino venceu o Atlético-GO na noite desta terça-feira (12) pelo placar de 1 a 0. O gol do jogo foi marcado por Jadsom Silva, aos 24 minutos do segundo tempo. Ainda no primeiro tempo, o time perdeu um pênalti com Praxedes e viu Eric Ramires ser expulso após receber o segundo cartão amarelo.

Agora, o clube paulista soma 41 pontos e está na terceira colocação da Série A. Os visitantes estão com 31 pontos, na 11ª colocação. A partida, válida pela 26ª rodada do Brasileirão, foi disputada no Estádio Nabi Abi Chedid e teve 971 pagantes.

O Bragantino entra em campo no próximo domingo (17), às 18h15, contra o Ceará. O Atlético-GO joga no mesmo dia e horário, contra o Atlético-MG.

BRAGANTINO PERDE PÊNALTI

Aos 10 minutos do primeiro tempo, Helinho, do RB Bragantino, fez jogada individual e foi derrubado por Igor Cariús dentro da grande área. O árbitro assinalou pênalti. Praxedes caminhou devagar para a bola e bateu fraco. Fernando Miguel, do Atlético-GO, pulou para o lado certo e impediu o gol.

ATLÉTICO-GO TEM DIFICULDADE PARA QUEBRAR MARCAÇÃO

O Atlético-GO teve mais dificuldades para construir suas jogadas ofensivas. O primeiro chute do time saiu somente aos 26′ do 1º tempo. André Luís lançou para Matheus Barbosa, que se esticou, finalizando a bola de primeira. Cleiton saltou para fazer a defesa, mandando para escanteio.

PRIMEIRO TEMPO DE MUITOS CARTÕES E POUCAS CHANCES

A regra do primeiro foi a aplicação de cartões. Embora com poucas faltas, as punições vieram em grande intensidade: foram cinco cartões amarelos distribuídos pelo árbitro Sávio Pereira Sampaio. Dois deles foram destinados a Eric Ramires, do Red Bull Bragantino, que saiu de campo aos 29 minutos do primeiro tempo.

BRAGANTINO AMEAÇA MAIS

No segundo tempo, o Bragantino teve que ceder mais espaço dentro de campo, já que estava com um jogador a menos. O Atlético-GO teve dificuldades para aproveitar. O time da casa, por outro lado, conseguiu criar boa trama. Aderlan tocou para Ytalo que chutou em cima do goleiro Fernando Miguel.

BRAGANTINO ABRE O PLACAR

Três minutos após a boa chegada de Ytalo, o Bragantino conseguiu montar outro bom lance. Após boa troca de passes, Gabriel Novaes encontrou Jadsom livre dentro da grande área e aí ficou fácil: o volante mandou uma bomba para o fundo da rede, marcando o seu primeiro gol na carreira. Depois do gol, os dois times até tentaram mudar o placar do jogo, mas não conseguiram. O Atlético-GO chegou perto do empate aos 39, em chute de André Lima, defendido pelo goleiro Cleiton.

Red Bull Bragantino: Cleiton, Aderlan, Fabrício Bruno, Léo Ortiz, Luan Cândido, Jadsom Silva, Eric Ramires, Praxedes (Emiliano Martínez), Helinho (Weverson), Ytalo (Alerrandro) e Cuello (Gabriel Novaes) (Edimar). Técnico: Maurício Barbieri

Atlético-GO: Fernando Miguel, Arnaldo, Wanderson, Éder, Igor Cariús (Lucão), Willian Maranhão (André Lima), Matheus Barbosa (Baralhas), João Paulo, André Luís (Natanael), Zé Roberto e Ronald (Janderson). Técnico: Eduardo Souza

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista

Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF)

Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Junior (DF)

VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Gols: Jadsom Silva (BGT), aos 24′ do 2º tempo (1-0)

Cartões amarelos: Willian Maranhão (ACG), Eric Ramires (BGT) 2x, Ronald (ACG), Arnaldo (ACG), Janderson (ACG), Léo Ortiz (BGT)

Cartão vermelho: Eric Ramires (BGT) 2x amarelo

To Top