Fluminense deixa novas saídas em aberto e deve enxugar mais o elenco até o início do Carioca
Últimas Notícias

Fluminense deixa novas saídas em aberto e deve enxugar mais o elenco até o início do Carioca

portalmixvalegoogle

O fato de o Fluminense ter sido agressivo nesta janela de transferência não é novidade. Mas a reapresentação do elenco na última segunda-feira, no CT Carlos Castilho, indicou que mudanças irão acontecer até o início do Campeonato Carioca. Neste caso, relacionada a saída de jogadores. Tendo posições superlotadas, mais nomes irão deixar as Laranjeiras. A ideia tricolor é que o técnico Abel Braga trabalhe de 30 a 34 atletas.

A saída mais próxima de ser concretizada é a de Lucca, que tem acerto encaminhado com a Ponte Preta. O atacante sequer se reapresentou no CT e está resolvendo os detalhes burocráticos para a rescisão contratual. Como o vínculo do atleta com o tricolor é válido até abril deste ano, a ida para Campinas não deve ser problema. 

Outra questão a ser resolvida é a lateral-esquerda. Com a chegada do equatoriano Mario Pineida e a ser confirmada a de Cristiano, a posição ficou superlotada. O antigo titular Egídio já acertou com o Coritiba, mas mais nomes devem ser negociados. Marlon, por exemplo, recebeu sondagens de clubes do Leste Europeu, mas nenhuma proposta oficial chegou à mesa do Fluminense até o momento.

Danilo Barcelos não deve ter a saída dificultada em caso de proposta vantajosa para o Fluminense. O atacante Gabriel Teixeira também está no radar de alguns clubes do Velho Continente, mas nada de concreto chegou até a diretoria tricolor.

Uma saída confirmada é a de Hudson, que só se reapresentou para dar continuidade no tratamento da grave lesão no joelho — ele rompeu o ligamento cruzado. O volante não está nos planos do clube e renovou por um mês devido a obrigação, por lei, de “devolver” o atleta apenas quando este estiver novamente apto para jogar futebol.

Até o momento, 12 jogadores tiveram saída confirmada e quatro foram emprestados. Confira a lista:

O foco do time no início do ano será na classificação para a fase de grupos da Libertadores. O tricolor inicia a fase inicial do torneio no dia 22 de fevereiro, contra o Millonarios. Por outro lado, o Fluminense pretende continuar disputando as finais do Carioca e, de preferência, sair do jejum de títulos depois de investir mais no plantel. No Estadual, o time estreia contra o Bangu, dia 23 de janeiro.

To Top