BR Malls recusa proposta de fusão da rival Aliansce Sonae
Business

BR Malls recusa proposta de fusão da rival Aliansce Sonae

BR Malls recusa proposta de fusão da rival Aliansce Sonae

Por Gabriel Araujo e Andre Romani

(Reuters) – A operadora de shoppings BR Malls disse nesta sexta-feira que seu conselho de administração decidiu, por unanimidade, recusar a proposta não vinculante de fusão enviada pela rival Aliansce Sonae.

A BR Malls diz que a proposta “subavalia, consideravelmente, o valor econômico justo” da companhia e de seu portfólio de ativos, não atendendo aos melhores interesses dos acionistas.

Mais cedo, a Aliansce Sonae anunciou ao mercado que apresentou a oferta de combinação de negócios, confirmando um movimento aguardado desde o final de dezembro.

Pela proposta da Aliansce, os acionistas da BR Malls receberiam 50% da nova empresa mais um pagamento em dinheiro.

Os acionistas da BR Malls receberiam cerca de 265 milhões de novas ações ordinárias da Aliansce Sonae, ou 50% de seu capital social, com uma relação de troca de aproximadamente 0,32 ação ordinária da Aliansce para cada ação ordinária da BR Malls.

O pagamento em dinheiro totalizaria 1,35 bilhão de reais, ou cerca de 20% do valor de mercado da BR Malls.

“Esta fusão de iguais tem capacidade de fortalecer os negócios da companhia combinada, aproveitando os talentos e as melhores práticas de cada uma das companhias… Além disso, deve gerar inúmeras oportunidades de crescimento”, disse a Aliansce.

A Aliansce Sonae tem atualmente um valor de mercado de 5,21 bilhões de reais, enquanto o da BR Malls chega a 6,85 bilhões de reais, segundo dados do Refinitiv Eikon.

tagreuters.com2022binary_LYNXMPEI0D0JF-BASEIMAGE

To Top