Benefícios

Bolsa Família: boato sobre reajuste duas vezes maior que aposentadoria

Programa do Bolsa Familia
rafapress/Shutterstock.com

Recentemente, circulou nas redes sociais a informação falsa de que o programa Bolsa Família teria tido um reajuste duas vezes maior que o da aposentadoria. Esclarecemos que essa afirmação é incorreta, e o piso previdenciário segue o novo valor do salário mínimo, sem aumento extraordinário este ano.

Segundo informações do E-Investidor, o reajuste para os pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi de 6,97%, em conformidade com o novo salário mínimo, resultando em um piso previdenciário de R$ 1.412 em 2024, em comparação com os R$ 1.320 do ano anterior.

A política de valorização do salário mínimo considera o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado nos últimos 12 meses até novembro, adicionando o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) dos dois anos anteriores. Para 2024, a fórmula incorpora o INPC de 3,85% e o PIB de 2022, que teve um aumento de 3%, conforme dados revisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

É importante destacar que, para os beneficiários que recebem acima do limite mínimo, não há aumento real, sendo o reajuste baseado apenas no INPC, considerando a inflação.

Bolsa Família sem Reajuste em 2024: Discussão para 2025

Contrariando as informações falsas, o ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias, afirmou em entrevista ao Estadão que o reajuste do Bolsa Família será discutido este ano, com previsão de entrar em vigor somente em 2025. A proposta de Orçamento para 2024, apresentada pelo governo federal, não contempla um aumento no valor pago aos beneficiários.

O ministro ressaltou a necessidade de lidar com a realidade e aguardar a conjuntura de 2024 para tomar decisões sobre reajustes salariais. Ele mencionou que, por vezes, o desejo de reajustar salários esbarra na dura realidade econômica, destacando a importância de ser cauteloso diante dessas questões.

Em casos de informações duvidosas, recomenda-se buscar fontes confiáveis e utilizar palavras-chave específicas ao pesquisar no Google para verificar a veracidade das alegações, como “reajuste + aposentadoria + 2024”.

To Top