Benefícios

Cartão do Bolsa Família: passo a passo para desbloquear a senha pela internet

bolsa familia programa cadunico
Lyon Santos/ MDS

Cartão do Bolsa Família: passo a passo para desbloquear a senha pela internet Se você é beneficiário do Bolsa Família e está enfrentando problemas com o bloqueio da senha, ou se recebeu o cartão e não sabe como desbloquear a senha, este guia é para você. Explicamos aqui como alterar ou desbloquear a senha do cartão Bolsa Família de maneira simples e eficaz, garantindo o acesso contínuo ao benefício.

Passos para Desbloquear ou Alterar a Senha do Cartão Bolsa Família

Embora não seja possível desbloquear a senha do cartão Bolsa Família pela internet, a Caixa Econômica Federal oferece várias maneiras de resolver o problema.

Alterar a Senha do Cartão Bolsa Família na Lotérica

  1. Ligue para a Central de Atendimento da Caixa:
    • Telefone: 0800 726 0207.
    • A ligação é gratuita e você poderá solicitar a alteração da senha.
  2. Solicite o Desbloqueio:
    • Peça o desbloqueio da senha do cartão Bolsa Família e a autorização para cadastrar uma nova senha na Lotérica mais próxima.
  3. Visite a Lotérica:
    • Após ligar para a central, vá até a Lotérica indicada para cadastrar a nova senha do cartão.

Desbloquear a Senha na Agência da Caixa Econômica

  1. Dirija-se a uma Agência:
    • Você também pode ir diretamente a uma agência da Caixa Econômica Federal mais próxima.
  2. Solicite o Atendimento:
    • Peça o desbloqueio da senha e cadastre uma nova senha no atendimento da agência.

E se Eu Esqueci a Senha do Bolsa Família?

Se você esqueceu a senha do Bolsa Família, não se preocupe. Basta seguir os passos mencionados acima para alterar ou desbloquear sua senha. Esses procedimentos também são válidos se você perder o cartão ou se ele for roubado.

Dicas Importantes

  • Ligue Antes de Ir à Lotérica:
    • É essencial ligar para a central de atendimento antes de ir à Lotérica para garantir que o desbloqueio seja processado corretamente.
  • Documentação Necessária:
    • Tenha em mãos seus documentos de identificação quando for à Lotérica ou à agência da Caixa.

Desbloquear ou alterar a senha do cartão Bolsa Família pode ser feito de forma rápida e prática. A Caixa Econômica Federal disponibiliza um sistema eficiente para assegurar que você continue a receber seu benefício sem contratempos. Mantenha seus dados atualizados e siga os passos recomendados para resolver qualquer problema relacionado ao seu cartão.

O Programa Bolsa Família

O Bolsa Família é o maior programa de transferência de renda do Brasil, reconhecido internacionalmente por já ter tirado milhões de famílias da fome. O Governo Federal relançou o programa com mais proteção às famílias, com um modelo de benefício que considera o tamanho e as características familiares. Famílias com três ou mais pessoas passarão a receber mais do que uma pessoa que vive sozinha.

Além de garantir renda para as famílias em situação de pobreza, o Programa Bolsa Família busca integrar políticas públicas, fortalecendo o acesso das famílias a direitos básicos como saúde, educação e assistência social. O Bolsa Família promove a dignidade e a cidadania das famílias também pela atuação em ações complementares por meio de articulação com outras políticas para a superação da pobreza e transformação social, tais como esporte, ciência e trabalho.

Quem tem Direito ao Bolsa Família?

Para ter direito ao Bolsa Família, a principal regra é que a renda de cada pessoa da família seja de, no máximo, R$ 218 por mês. Por exemplo, se apenas um integrante da família tem renda e recebe um salário mínimo (R$ 1.412), e nessa família há sete pessoas, a renda de cada um é de R$ 201,71. Como está abaixo do limite de R$ 218 por pessoa, essa família tem o direito de receber o benefício.

Como Receber o Benefício?

Primeiro, é preciso estar inscrito no Cadastro Único, com os dados corretos e atualizados. Esse cadastramento é feito em postos de atendimento da assistência social dos municípios, como os CRAS. É preciso apresentar o CPF ou o título de eleitor. Lembrando que, mesmo inscrita no Cadastro Único, a família não entra imediatamente para o Bolsa Família. Todos os meses, o programa identifica, de forma automatizada, as famílias que serão incluídas e que começarão a receber o benefício.

O Bolsa Família é o maior programa de transferência de renda do Brasil, reconhecido internacionalmente por já ter tirado milhões de famílias da fome. O Governo Federal relançou o programa com mais proteção às famílias, com um modelo de benefício que considera o tamanho e as características familiares, aquelas com três ou mais pessoas passarão a receber mais do que uma pessoa que vive sozinha.

Além de garantir renda para as famílias em situação de pobreza, o Programa Bolsa Família busca integrar políticas públicas, fortalecendo o acesso das famílias a direitos básicos como saúde, educação e assistência social. O Bolsa Família busca promover a dignidade e a cidadania das famílias também pela atuação em ações complementares por meio de articulação com outras políticas para a superação da pobreza e transformação social, tais como esporte, ciência e trabalho.


Quem tem direito?
Para ter direito ao Bolsa Família, a principal regra é que a renda de cada pessoa da família seja de, no máximo, R$ 218 por mês. Por exemplo, se apenas um integrante da família tem renda e recebe um salário mínimo (R$ 1.412), e nessa família há sete pessoas, a renda de cada um é de R$ 201,71. Como está abaixo do limite de R$ 218 por pessoa, essa família tem o direito de receber o benefício.

Como Receber?
Em primeiro lugar, é preciso estar inscrito no Cadastro Único, com os dados corretos e atualizados. Esse cadastramento é feito em postos de atendimento da assistência social dos municípios, como os CRAS. É preciso apresentar o CPF ou o título de eleitor.
Lembrando que, mesmo inscrita no Cadastro Único, a família não entra imediatamente para o Bolsa Família. Todos os meses, o programa identifica, de forma automatizada, as famílias que serão incluídas e que começarão a receber o benefício.

To Top