Últimas Notícias

Gol no fim salva Corinthians de derrota na volta de Carille

portal mix vale notícias últimas

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Em busca de seu terceiro título consecutivo no Campeonato Paulista, o Corinthians evitou aos 49 do segundo tempo uma derrota na estreia. O São Caetano vencia a partida deste domingo (20) no Itaquerão até o gol de cabeça de Henrique nos acréscimos.

O São Caetano ficou em vantagem após cobrança de pênalti de Rafael Marques aos 28 minutos da etapa inicial.

A penalidade foi marcada após o volante Richard, contratado para a temporada, derrubar Capa na área.

A partida marcou o retorno do técnico Fábio Carille, que conquistou com o Corinthians os dois últimos Paulistas, além do Brasileiro de 2017.

Carille havia deixado o clube em maio de 2018 , seduzido por um contrato milionário com o Al-Wehda, da Árabia Saudita.

O Corinthians tentou emplacar Osmar Loss e depois Jair Ventura no comando da equipe, mas caiu drasticamente de rendimento e terminou o ano apenas na 13ª colocação do Campeonato Brasileiro. Chegou a correr risco de rebaixamento durante o 2º turno.

Foi o bastante para a diretoria acertar a volta de Carille.

Os reforços do Corinthians para a temporada tiveram atuações apagadas contra o São Caetano.

O atacante André Luis, que se destacou na Ponte Preta no ano passado, foi substituído por Pedrinho no intervalo do jogo.

O meio-campista equatoriano Sarnoza desperdiçou clara chance de gol ao errar uma finalização sozinho aos 41 do primeiro tempo, assim como Jadson dois minutos antes. Aos 12 da etapa final, o estrangeiro deu lugar a Gustavo Silva, outra novidade do elenco corintiano.

Responsável pelo pênalti do gol do São Caetano, Richard também foi sacado no segundo tempo. Michel Macedo permaneceu a partida toda no banco de reservas.

O zagueiro Manoel, emprestado pelo Cruzeiro, e o atacante argentino Mauro Boselli ainda não estão em condições de jogo, mas foram apresentados à torcida durante o intervalo.

“Dá trabalho, [reconstruir o time] mas é um dever nosso. Ano passado o time tomou muitos gols. Vamos buscar passe, com uma saída melhor, mais qualificada de trás, principalmente com Ramiro baixando com o primeiro volante. Temos tudo para crescer. Eu estou satisfeito com o início de trabalho e agora a tendência é que cresça a cada jogo”, disse Carille após a partida, deixando claro que é preciso dar consistência defensiva à equipe.

Apesar de dominar amplamente a posse de bola durante todo o jogo, o Corinthians encontrou dificuldades para superar a linha de quatro defensores do São Caetano.

A pressão do Corinthians aumentou no segundo tempo. Gustavo teve duas boas chances, falhando no arremate. A pouca pontaria na finalização ressalta o problema que a equipe teve em 2018 e coloca mais esperanças na presença de Boselli, artilheiro em suas passagens por Estudiantes (ARG) e León (MEX).

O São Caetano priorizou a defesa e tentou administrar a vantagem em vez de tentar mais um gol no contra-ataque.

Foi castigado quando o zagueiro Henrique conseguiu a cabeçada certeira após cobrança de escanteio de Jadson para arrancar um empate logo antes do apito final da partida.

O público no Itaquerão para a estreia do Corinthians no Paulista foi de 31 mil pessoas, superando os 8 mil do Santos na Vila Belmiro e os 22 mil do São Paulo no Pacaembu.

Pela segunda rodada do Paulista, o Corinthians enfrenta o Guarani na quarta-feira (23), em Campinas. Carille avisou que deve manter a mesma equipe que empatou neste domingo (20).

“A sequência normal é fazer dois jogos [com a mesma escalação]e descansar um”, completou.

O São Caetano recebe o Ituano na quinta(24), no estádio Anacleto Campanella.

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Marllon, Henrique e Danilo Avelar; Richard (Mateus Vital), Ramiro, Jadson, André Luis (Pedrinho) e Sornoza (Gustavo Silva); Gustagol

T.: Fábio Carille

SÃO CAETANO

Jackson; Alex Reinaldo, Joécio, Max e Marquinhos; Willians (Vinícius Kiss), Pablo e Cristian (Ítalo); Capa, Rafael Marques (Ferreira) e Diego Rosa

T.: Pintado

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza

Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo

Cartões amarelos: Vinícius Kiss (São Caetano)

Gols: Rafael Marques, aos 28 minutos do primeiro tempo (São Caetano); Henrique, aos 49 minutos do segundo tempo (Corinthians)

To Top