Calendário de pagamentos da segunda parcela do 13º salário do INSS
Últimas Notícias

Calendário de pagamentos da segunda parcela do 13º salário do INSS

Direitos no INSS e soluções diante do atraso das aposentadorias

Calendário de pagamentos da segunda parcela do 13º salário do INSS Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que recebem o piso nacional (R$ 1.100) começarão a receber nesta quinta-feira (dia 24) a segunda parcela do 13º salário junto com o vencimento de junho. Os valores serão creditados até 7 de julho. Os que recebem acima do piso nacional terão o depósito feito de 1º a 7 de julho. Segundo o órgão, terão direito ao abono de Natal cerca de 31 milhões de beneficiários no país. No Rio de Janeiro, serão 2,6 milhões de pessoas. Procurado, o INSS confirmou o pagamento.

Os pagamentos são feitos de acordo com o número final do cartão de benefício do segurado, sem levar em conta o dígito verificador (o número depois do traço). Por exemplo: nesta quinta-feira, receberão os aposentados e os pensionistas que têm o final de benefício 1, sem levar em conta o dígito. Na sexta-feira, será a vez dos que têm final 2, e assim sucessivamente, até o dia 7 de julho.

Os segurados com renda mensal acima do piso nacional terão seus pagamentos creditados de 1º a 7 de julho, também de acordo com o número final do benefício, sem levar em conta o dígito verificador. Receberão primeiro os que têm os benefícios terminados em 1 e 6.

Além de aposentados, quem recebeu neste ano auxílio-doença, auxílio-reclusão ou salário-maternidade têm direito ao benefício. Ficam de fora do abono as pessoas que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) — que equivale a um salário mínimo (R$ 1.100) e é pago a idosos acima de 65 anos e pessoas com deficiência de baixa renda — e Renda Mensal Vitalícia (RMV).

Desconto de Imposto de Renda

Neste segundo pagamento, será debitado o Imposto de Renda, quando for o caso. Portanto, a parcela pode vir um pouco menor com a mordida do Leão. A tributação do benefício varia conforme a idade, explica o INSS. O segurado de até 64 anos que receber mais de R$ 1.903,98 paga Imposto de Renda. De 65 anos em diante, a tributação só é cobrada se o benefício for superior a R$ 3.807,96.

Para conferir o valor basta pegar o contracheque no portal de serviços Meu INSS (https://meu.inss.gov.br/), no item “Extrato de pagamento de benefício”. Para acessar, é necessário criar login e senha. Ou, se preferir, fazer um cadastro no site governamental gov.br, que concentra todos os serviços digitais do governo, inclusive Carteira de Trabalho, Carteira de Habilitação e certidões, entre outros.

“É possível receber atendimento inteiramente on-line pelo gov.br em vez de procurar o atendimento presencial ou telefônico em órgãos públicos”, explica o secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, do Ministério da Economia, Caio Mario Paes de Andrade.

Como criar login e senha na plataforma gov.br

Acesse o portal gov.br

Clique em “Acessar a sua conta gov.br”

Clique em “Crie sua conta”

Informe os seguintes dados: CPF, nome completo, telefone celular e e-mail

Clique em “Não sou um robô” e, após ler os termos de uso, em “Eu aceito os Termos de Uso e Política de Privacidade”

Responda as questões realizadas pelo sistema para validar seus dados

Escolha como você prefere receber a habilitação do cadastro: por e-mail ou SMS, enviado para o telefone cadastrado

Após receber o e-mail ou o SMS de habilitação, é preciso clicar no link enviado para realizar a ativação da conta. Atenção: esse link é válido apenas por 15 minutos. Depois disso, é preciso realizar uma nova solicitação de envio

Após clicar no link de ativação, é informar novamente o CPF e escolher uma senha de acesso

Depois, clique em “Criar senha”

Confira como entrar no portal

Acesse o portal gov.br

Clique em “Acessar a sua conta gov.br”

Informe seu CPF e clique em “Próxima”

Insira a senha cadastrada e clique em “Entrar”.

Como recuperar a senha

Acesse o portal gov.br

Clique em “Acessar a sua conta gov.br”

Informe seu CPF e clique em “Próxima”

Clique em “Esqueci a minha senha”

Você será direcionado a uma nova página. Nela, informe o seu CPF, clique em “Não sou um robô” e, depois, em “Continuar”

Escolha como prefere receber o pedido de confirmação: por e-mail ou SMS, enviado para o telefone cadastrado

Clique em “Continuar”. Depois, você receberá um e-mail ou um SMS com um link para que você possa recadastrar uma nova senha

Informe seu CPF e a nova senha. Confirme a nova senha e clique em “Criar senha”

Depois, você receberá a seguinte mensagem “Recadastro da conta de acesso finalizado com sucesso” Fonte Extra

To Top