Dicas de Saúde

Entenda os sintomas e diferenças entre os tipos de Dengue

Vacina Gripe
Tong_stocker/shutterstock.com/

Com a chegada de estações mais quentes e úmidas, é essencial estar ciente dos sintomas e diferenças entre os diversos tipos de dengue, uma doença viral transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti. A compreensão precoce desses aspectos é crucial para um diagnóstico e tratamento adequados.

Sintomas Comuns da Dengue:

  1. Febre Alta: A febre é um dos sintomas mais distintivos da dengue, geralmente começando abruptamente.
  2. Dor de Cabeça Intensa: Muitos pacientes experimentam dores de cabeça severas, frequentemente localizadas na região frontal.
  3. Dores Musculares e Articulares: Sensação de dor intensa nos músculos e articulações, o que deu à dengue o apelido de “quebra ossos”.
  4. Fadiga Extrema: Cansaço excessivo e fraqueza são comuns, muitas vezes acompanhados por indisposição geral.
  5. Manchas na Pele: Algumas pessoas podem desenvolver uma erupção cutânea característica, semelhante a sarampo.

Tipos de Dengue e Suas Diferenças:

  1. Dengue Clássica: A forma mais comum da doença, caracterizada pelos sintomas mencionados acima. A recuperação geralmente ocorre com tratamento adequado.
  2. Dengue Hemorrágica: Uma forma mais grave da dengue, que pode levar a sangramentos, choque e até mesmo à morte. Requer cuidados médicos imediatos.
  3. Dengue com Sinais de Alarme: Uma categoria intermediária, com sinais de alerta, como dor abdominal intensa, vômitos persistentes e diminuição da contagem de plaquetas.

Diagnóstico e Tratamento:

O diagnóstico precoce é essencial. Exames laboratoriais, como o teste de PCR e o teste sorológico, ajudam a confirmar a presença do vírus.

Não existe tratamento específico para a dengue. O foco está no alívio dos sintomas. Repouso, hidratação adequada e medicamentos prescritos pelo médico são parte integrante do manejo.

Prevenção:

A melhor maneira de evitar a dengue é prevenir a reprodução do mosquito Aedes aegypti. Medidas como eliminação de água parada, uso de repelentes e telas em janelas contribuem significativamente para a prevenção.

Em caso de sintomas suspeitos, é crucial procurar assistência médica imediatamente. A informação e a ação precoce são fundamentais para controlar a propagação da dengue e garantir um tratamento eficaz.

To Top