Benefícios

IR: Veja como declarar mais de uma fonte

Mais ricos recebem 56% das deduções com saúde do Imposto de Renda.

IR: Veja como declarar mais de uma fonte. Todos os contribuintes com dois empregos e aposentados que seguem trabalhando devem tomar cuidado para não esquecer de listar uma das fontes de renda ao declarar o Imposto de Renda 2019.

“O contribuinte que teve dois empregos em 2018 e só lançar um dos rendimentos vai cair na malha fina pela omissão dos valores”, explica Murillo Torelli, professor de ciências contábeis do Mackenzie.

Os valores devem ser todos listados na ficha de “Rendimento Recebido de Pessoa Jurídica” com base nos informes entregues por cada uma das fontes pagadoras.

De acordo com Torelli, os contribuintes com duas ou mais fontes de renda devem apenas criar um campo para listar cada uma das empresas. No caso dos aposentados, o número do CNPJ a ser mencionado é o do INSS: 29.979.036.0001-40.

Vale destaca ainda que se mesmo com os dois rendimentos a renda do contribuinte não superar os R$ 28.559,70 ele está isento de apresentar a declaração neste ano.

Conta bancária com mais de R$ 140 deve ser declarada no IR 2019

Os contribuintes obrigados a entregar a declaração de Imposto de Renda neste ano precisam declarar todas as contas bancárias registradas em seu nome com quantias superiores a R$ 140. A determinação do Fisco é válida para contas corrente, poupança e de investimentos.PUBLICIDADE

Apesar da obrigatoriedade, o coordenador de impostos IOB, da Sage Brasil, Valdir Amorim, orienta que todas as contas bancárias e bens sejam listados na declaração.

“Embora a legislação dispense alguns tipos de informação, é recomendado que elas sejam declaradas para compor a evolução patrimonial do contribuinte”, explica Amorim.

As contas bancárias devem ser listadas na ficha de “bens e direitos”, juntamente com o CNPJ da instituição financeira responsável pelo montante.

Nos campos “Situação em 31/12/2017 (R$)” e “Situação em 31/12/2018 (R$)” é necessário informar a situação da conta nos períodos. Os valores podem ser obtidos a partir da consulta dos informes de rendimentos disponibilizados pelas instituições financeiras.

Fonte: R7

To Top