Cadastro no Conecte SUS pode ser realizado de que forma?
Benefícios

Cadastro no Conecte SUS pode ser realizado de que forma?

cartão sus

Cadastro no Conecte SUS pode ser realizado de que forma? Conecte SUS é um aplicativo, do Ministério da Saúde, que registra toda a trajetória de quem busca atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS). Mostra, por exemplo, dados sobre atendimentos e internações do paciente. Permite a consulta de medicamentos e exames feitos e o agendamento de consultas na rede pública de saúde. Ele também dá acesso à Carteira Nacional Digital de Vacinação, permitindo que os brasileiros consultem todas as vacinas aplicadas nas redes pública e privada, entre elas, a da Covid-19.

O Conecte SUS também oferece uma lista de serviços e consultas destinados à população brasileira, como hospitais, postos de saúde, serviços de urgência e farmácias populares. Disponibiliza, ainda, quais são as maternidades, academias de saúde e centros de especialidade e de Atenção Psicossocial que são oferecidos à população em todo o país. Traz, ainda, orientações sobre doações de órgãos e de sangue.

São informações relativas à saúde, de forma rápida, na palma da mão do brasileiro. Tudo para proporcionar um melhor cuidado ao cidadão na rede de atenção à saúde. Na prática, o aplicativo veio para informatizar o prontuário do paciente e agilizar o atendimento na saúde pública.

“O Conecte SUS é um aplicativo que foi me apresentado nas primeiras consultas do meu pré-natal. Ele é muito bom. Me cadastrei lá, super indico. Cadastrei ele para a minha filha também. É muito rápido para você se cadastrar, é muito fácil”, contou Lorrany Ferreira dos Santos Lopes, que mora em Ceilândia, no Distrito Federal, e é auxiliar em um departamento fiscal de contabilidade.

Uma das vantagens de ter esse aplicativo, segundo Lorrany, é a praticidade de ter tudo no celular. “Uma praticidade, porque você pode levar o seu celular e salvar o álbum de fotos do seu cartão do SUS. Então, qualquer hora que você precisar, pode entrar no aplicativo que está lá. Então, eu acompanho as minhas consultas e as da minha filha. Tem tudo lá. Pediatra, vacinação, as consultas, todos os agendamentos, todos os atendimentos estão lá.”

Como fazer o cadastro

O cadastro no Conecte SUS é bem simples e pode ser feito em poucos minutos. Basta usar o número do CPF ou da Carteira Nacional de Saúde.

O primeiro passo é entrar na loja de aplicativos do seu celular ou tablete e digitar “app Conecte SUS”, e fazer o download de forma gratuita. O registro também pode ser feito em qualquer computador com acesso à internet por meio do site conectesus-paciente.saude.gov.br.

Pelo Portal gov.br, o usuário também consegue acessar a ferramenta.

“O aplicativo é grátis. Pode ser uma ferramenta muito importante para o cidadão e para o seu cuidado em saúde. É importante que o cidadão baixe o aplicativo, verifique as informações disponíveis e acompanhe o processo de disponibilização gradativa das informações mais relevantes”, explicou Gabriella Nunes Neves, do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde.

Até o momento, mais de 8,5 milhões de downloads já foram feitos.

Ao acessar o Conecte SUS, você pode:

– Visualizar seu histórico de saúde completo em um só lugar;
– Visualizar seus medicamentos, suas consultas e seus exames;
– Verificar quais hospitais, postos de saúde e serviços de urgência estão mais próximos de você;
– Marcar consultas de rotina;
– Ter acesso a informações importantes sobre saúde;
– Ter acesso à Carteira Nacional Digital de Vacinação; e
– E tirar dúvidas sobre o SUS.

Covid-19

O Ministério da Saúde está incentivando a população a baixar o Conecte SUS para facilitar o monitoramento da vacinação contra a Covid-19 no país. Assim que receber a imunização contra a doença, quem for cadastrado no sistema vai ter a dose registrada no Conecte SUS. Lá, será possível o usuário consultar o tipo de vacina aplicada, o lote de fabricação e a data que a dose foi ministrada. Essas informações ajudam a evitar que uma pessoa tome doses de laboratórios diferentes.

O Governo Federal esclareceu, no entanto, que não é obrigatório ser usuário do aplicativo para ser vacinado contra a doença.

Caso você não tenha o app, é só levar ao posto de saúde um documento de identificação com número do CPF, na hora em que você for convocado para tomar a dose, de acordo com os grupos prioritários.

To Top